Reportar erro
Em alta

Novelas mexicanas viram carro-chefe no horário nobre do SBT na pandemia

Amores Verdadeiros e Triunfo do Amor seguem em alta

Cena da novela Triunfo do Amor com Maite Perroni e William Levy
SBT está indo bem no SBT com Triunfo do Amor- Foto: Reprodução
Daniel César

Publicado em 10/03/2021 às 07:16:00

A pandemia interrompeu uma série de programas da TV brasileira no ano passado e um dos canais mais afetados foi o SBT, que vinha com parte de suas produções diárias em alta, mas com a suspensão da programação por conta da quarentena, o Ibope da emissora caiu e ela se tornou refém de um único produto e que continua em alta em 2021: as novelas mexicanas, como Amores Verdadeiros e Triunfo do Amor.

Levantamento do NaTelinha mostra que, desde a estreia, em 8 de fevereiro, Amores Verdadeiros acumula média de 7,1 pontos na Grande São Paulo, o melhor desempenho de uma trama latina na faixa desde 2016. Além disso, a produção se mantém por vários dias consecutivos como a maior audiência do SBT em toda a grade de programação do canal, superando outras atrações muito mais consolidadas até a chegada da pandemia.

E não é apenas Amores Verdadeiros, chamada de Avenida Brasil do México, que vem arrebatando os fãs brasileiros no início da noite do SBT, o outro folhetim mexicano também segue em alta. Triunfo do Amor, remake de O Privilégio do Amar, se mantém com números sólidos e sempre entre as principais audiências no ranking de Ibope em 2021.

A curva de alta das tramas na faixa do SBT é inversamente proporcional à programação atual que vem acumulando recordes negativos. É bem verdade que alguns programas sequer voltaram aos estúdios, como é o caso do Programa Silvio Santos e Programa Raul Gil, mesmo assim, os números parecem empacados e não atingem o desempenho que conquistaram tempos atrás.

Os bons números do SBT

Pouco antes do coronavírus colocar o mundo de joelhos e obrigar as emissoras de TV a fecharem praticamente todos os estúdios e interromperem suas programações como o Roda a Roda, o Programa do Ratinho, a Praça é Nossa e até o The Noite. Além disso, a emissora comandada por Silvio Santos tinha, como parte fundamental de sua audiência, as novelas infantis.

Além disso, aos finais de semana o SBT vinha com índices satisfatórios com programas como o da Maísa e o Topa ou Não Topa, além dos realities shows tradicionais das noites de sábado, como o Esquadrão da Moda. Aos domingos, poucas eram as vezes, pré-pandemia, que o SBT sofria com a proximidade da Record, garantindo a vice-liderança com o Eliana, o Domingo Legal e mesmo o Programa Silvio Santos, ainda que com maior disputa.

A queda no Ibope

Novelas mexicanas viram carro-chefe no horário nobre do SBT na pandemia

A emissora já começava a entrar em baixa com seu principal Ibope, As Aventuras de Poliana, já apresentava desgaste devido ao tempo no ar, mais de três anos. Mas com o advento da pandemia e o fim das gravações da nova temporada da novela, Poliana Moça e sem novos capítulos, a reprise de Chiquititas derrubou os números da faixa nobre e praticamente nunca conseguiu chegar aos dois dígitos.

E toda a programação passou a sofrer a partir daí, com números modestos em reprise e que não subiram depois que parte da programação retornou aos estúdios e passou a ter produção inédita. Com A Fazenda 2020 em sucesso e sendo exibida a entrevista do eliminado no Hora do Faro, os domingos do SBT também ficaram comprometidos e praticamente todos os dias passou a sofrer.

 

 

Mais Notícias