Reportar erro
Inéditas

Cinco novelas fora da Televisa para o SBT exibir

Tramas são recheadas, como o público brasileiro gosta

Montagem da foto com a divulgação de La Patrona e de Una maid en Manhattam
Novelas latinas, fora da Televisa também poderia ir ao ar no SBT - Foto: Montagem
Redação NT

Publicado em 10/01/2021 às 09:23:12

O telespectador brasileiro está mais do que acostumado a assistir produções latinas graças às novelas da Televisa que o SBT exibe desde os anos 80 em sua programação. Mas o canal mexicano não é o único a produzir tramas de boa qualidade que poderiam ganhar as telas tupiniquins, já que existem histórias de todos os tipos feitas por outras emissoras, com direito até a presença da eterna Chiquinha e trama quase eterna.

Se os folhetins mexicanos fazem sucesso no país desde os idos de Maria do Bairro e continuam em voga com Quando me Apaixono, é difícil pensar que novelas de outros canais também não atingiriam o ápice do interesse dos telespectadores brasileiros, se por aqui fossem exibidas.

Confira cinco novelas latinas fora da Televisa

Emperatriz (2011)

A novela mexicana foi exibida pela TV Azteca e inspirada na trama homônima de 1990 e que foi ao ar na Colômbia. Protagonizada por ninguém menos que Gabriela Spanic, o folhetim foi ao ar com 155 capítulos e chamou a atenção para o elenco, que contou ainda com nomes como Bernie Paz, Carmen Delgado e Sergio Bustamante. Ela chegou a ser cogitada para ser exibida no SBT, com o título de Imperatriz, mas ainda não aconteceu.

A trama segue a vida de Imperatriz, uma mulher que vive ilegalmente nos EUA e acaba enganada por um homem cruel que a faz ser presa e pagar por um crime que ele cometeu. Disposta a tudo, anos depois ela volta prometendo vingança e, mais do que isso, tentando recuperar a filha que lhe foi tirada e criada como parte da família de Armando com a esposa.

Corazon Apazionado (2012)

Em 2012, a Venezuela se uniu aos EUA para produzir essa novela, que foi ao ar pela Venevision e contou com 111 capítulos, além de ter um nome muito conhecido do público brasileiro. Guy Ecker, o brasileiro que ficou famoso por aqui ao protagonizar outra novela latina de sucesso, Café com Aroma de Mulher.

A história acompanha Patrícia, uma mulher que controla com mãos de ferra a fazenda que herdou da avó e que parece fadada a nunca mais ser feliz depois que teve sua vida destruída pelo próprio pai. Anos antes, disposta a fugir com um peão da fazenda, ela acabou encontrada e viu seu amado ser morto por capangas, o que a deixou arrasada. Mas ela nem imagina que a chegada de um jovem engenheiro agrônomo vai abrir seu coração novamente para a felicidade, mesmo que ambos tenham que lutar muito para ficar juntos

Una Maid en Manhattan (2011)

A Telemundo também é uma das maiores produtoras de novelas do planeta e levou ao ar a controversa história inspirada no filme Maid in Manhattan, que havia sido protagonizado por ninguém menos que Jennifer Lopez em 2002. Com 163 capítulos, a curiosidade do folhetim é a presença de Maria Antonieta de Las Neves, a eterna Chiquinha, do Chaves, como parte do elenco.

Na novela, a protagonista é Marisa, uma jovem sonhadora que vive numa cidadezinha do México, até que engravida de um americano que sempre visitava o local. Ela nem pretendia deixar sua cidade natal, não fosse pelo fato de que o local acaba sendo tomado por um cartel de drogas, o que a obriga ir de mala e cuia para os EUA, onde vai tentar vida nova, mas não com o pai de seu filho, e sim com o filho de um importante senador, por quem se apaixona.

La Patrona (2013)

Outra produção da Telemundo e, dessa vez, bem mais latina em seu desenvolvido, já que foi um remake de A Dona, produção de sucesso explosivo e feita em 1984, na Venezuela. Com 127 capítulos, a novela foi protagonizada por Aracely Arámbula, conhecida do público brasileiro por seu papel em Abraça-me Muito Forte e que também foi casada por anos com o cantor Luis Miguel.

Antônia é a mocinha da história, uma menina de família humilde e que vive numa região pobre e explorada por uma só família milionária. Mas tudo pode mudar quando o pai dela descobre uma fonte de riqueza inexplorada no local e pode fazer concorrência aos poderosos, o que vai gerar muito clima de guerra e ódio. Não fosse só por isso, ela ainda se apaixonará pelo filho do maior inimigo de sua família e que vem fazendo de tudo para destrui-los. Quando estreou no Brasil, O Outro Lado do Paraíso (2018), foram apontadas muitas semelhanças com a novela La Patrona.

El Señor del Cielos

Trata-se de uma espécie de novela de temporada - no estilo Malhação brasileira - mas muito mais pesada. A trama conta com 7 temporadas exibidas e com incríveis 611 capítulos desde 2013, quando foi ao ar pela primeira vez. Produzida pela Telemundo e já teve em seu elenco nomes de peso como Ximena Herrera e o protagonista Rafael Amaya.

A novela acompanha a saga do cartel de drogas do México nos anos 90, ou seja, a mesma narrativa da atual série da Netflix, Narcos México, inclusive com a participação de personagens semelhantes, como Pablo Escobar (na novela vivido por Andrés Parra e na série pelo brasileiro Wagner Moura). A trama é conhecida por cenas fortes de tiroteio, mortes e tortura, fazendo muito sucesso com o público latino.

Mais Notícias