Reportar erro
Matou a charada

Flor do Caribe: Ester encontra testemunha capaz de detonar Alberto

Quirino conta sobre os critais de sal entregues ao ex-patrão e mata charada

Ester em pé segura as mãos de Quirino que está também de pé de frente para ela
Ester implora para Quirino ajudá-la a provar inocência de Cassiano em Flor do Caribe - Reprodução/TV Globo
Taty Bruzzi

Publicado em 10/10/2020 às 09:22:00

Nos próximos capítulos de Flor do Caribe, Ester (Grazi Massafera) descobre que foi Alberto (Igor Rickli) quem colocou cristais de sal misturadas aos diamantes que Cassiano (Henri Castelli) transportou para o Caribe, provocando a prisão do piloto por sete anos. Em conversa com Quirino (Ailton Graça), o motorista se recorda que naquele dia entregou ao empresário um saquinho com as pedras que incriminaram o rapaz e revela a existência de outra testemunha que pode confirmar sua história.

Ameaçado pelo rival, o sobrinho de Dionísio (Sérgio Mamberti) vai conseguir reverter a situação e convencer a mulher a desistir do divórcio e de pedir na justiça a guarda dos dois filhos . Para proteger o amado, a presidente da ONG concorda também em não falar mais no oficial que, a essa altura, estará escondido para não ser preso. Decidida em não aceitar mais dinheiro do marido, a loira vai estar pensando em suas ações sociais quando o pai de Juliano (Bruno Gissoni) aparece e os dois começam a conversar.

Ester desabafa sobre seus problemas e fala que tudo aconteceu depois que Cassiano fez esta viagem a pedido do amigo. É aí que as lembranças começam a surgir e o ex-empregado de Dionísio solta a bomba. Empolgada, a mãe de Samuca (Vitor Figueiredo) indaga se o amigo testemunharia contra o vilão e ele afirma que sim. Confira!

Em Flor do Caribe, Quirino entrega segredo de Alberto para Ester

Flor do Caribe: Ester encontra testemunha capaz de detonar Alberto

Na novela Flor do Caribe, Ester vai ceder aos caprichos de Alberto para proteger Cassiano. O vilão denuncia o piloto por contrabando se torna foragido da polícia. Para não ser preso, o irmão de Taís (Débora Nascimento) será obrigado a se esconder e para mantê-lo em segurança, a mãe de Samuca vai desistir do divórcio e de pedir e, consequentemente, de pedir a guarda dos filhos.

A presidente da ONG também concorda em nunca mais tocar no nome do amado. Porém, nem tudo estará perdido. Durante conversa com Quirino, a mocinha descobre que o motorista foi quem entregou o caquinho com cristais de sal ao empresário no dia em que Cassiano viajaria para o Caribe.

Com o coração cheio de esperanças, ela pergunta se o pai de Juliano concordaria em testemunhar contra o sobrinho de Dionísio. O motorista não só concorda como, também, diz que Alaor (Genésio Amadeu) pode confirmar sua história.

“Mas não pode ter medo. O medo paralisa a gente. Se você acredita, se confia no Cassiano, não pode temer...”, diz Quirino ao saber que Ester cedeu às chantagens do marido.

“Nunca que o Cassiano ia fazer o que eles estão acusando. Contrabando? Troca de diamantes por cristais de sal? Nunca”, lamenta a loira. Pensativo, o marido de Doralice (Rita Guedes) questiona a mocinha. “Ester, tudo começou naquela viagem que o Alberto pediu ao Cassiano pra fazer pro Caribe, não foi?”, pergunta o amigo.

"O Alberto diz que entregou uma pasta com diamantes e o tal do dom Rafael [Cesar Troncoso] disse que o Cassiano chegou lá com cristais de sal e fugiu com as pedras verdadeiras. Alguém pode acreditar que o Cassiano faria uma coisa dessas?”, se pergunta a ex-bugueira.

De repente, o ex-funcionário de Dionísio fica calado e Ester o pressiona. “O que foi, Quirino? Que cara é essa?”, pergunta a loira. “Foi ele, Ester. Foi o Alberto que colocou os cristais de sal no lugar dos diamantes!”, acusa, Quirino.

“Então você sabia? Esse tempo todo?!”, cobra a presidente da ONG. “Não, pelo amor de Deus! Só me toquei agora, que você mencionou os cristais de sal”, se defende o marido de Doralice.

“Presta atenção: no dia que o Cassiano ia embarcar pro Caribe pra levar os diamantes, o Alberto me encarregou de arranjar um punhado de cristais de sal pra ele. Quando entreguei o sal eu até perguntei pra ele se era pra assar um churrasco. Ele me respondeu que não, que era pra fritar uma pessoa”, conta.

“Na hora não entendi o que ele quis dizer com aquilo, tirei completamente da cabeça. Foi agora quando você falou do sal que uma luzinha começou a piscar aqui dentro”, completa, Quirino. “Então foi assim que ele armou aquele golpe sujo! Será que esse teu testemunho pode servir como prova, Quirino? Acho que não. Ia ser a tua palavra contra a dele”, especula a ex-guia turística.

“E se for a palavra de duas testemunhas, será que melhora?”, indaga o pai de Juliano. “Seguinte: além de mim tem a pessoa que trouxe os cristais de sal da salina. Só não entrou pra entregar pessoalmente porque... já tinha notado que seu Dionísio não gosta de gente da nossa cor na casa dele”, alega o motorista.

“O Alaor?”, quer saber a loira. “O próprio. Hoje mesmo vou falar com ele e pedir pra ele testemunhar contra o Alberto se a coisa chegar na justiça”, promete o amigo da mocinha. “Jura que você vai fazer isso? Diz pra ele que essa, talvez, seja a única maneira da gente livrar o Cassiano dessa acusação absurda e botar na cadeia o verdadeiro culpado!”, implora, Ester. A cena irá ao ar em breve na trama.

Fique por dentro dos próximos capítulos de Flor do Caribe e outras produções acessando o canal de Novelas do NaTelinha.    

Quer saber mais? Confira o resumo semanal da novela Flor do Caribe de 05/10/2020 a 10/10/2020.    

Mais Notícias