Reportar erro
Retorno

Recuperado da Covid-19, Vladimir Brichta volta a gravar Amor de Mãe

Ator foi contaminado pelo novo coronavírus

Vladimir Brichta atuando em Amor de Mãe
Vladimir Brichta se recuperou do coronavírus - Foto: Reprodução/Globo
Redação NT

Publicado em 09/10/2020 às 09:53:00

Após se recuperar do novo coronavírus, Vladimir Brichta vai voltar a gravar Amor de Mãe neste sábado (10). O ator ficou alguns dias afastado do trabalho por causa da doença, mas já recebeu as cenas do seu personagem e a equipe está organizada para recebê-lo.

Adriana Esteves também precisou ficar em isolamento após seu marido descobrir que foi contaminado pela Covid-19. Contudo, a atriz já retomou as gravações, de acordo com informações publicadas nesta sexta-feira (9) pela colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo.

Brichta estava gravando a trama de Manuela Dias desde o dia 10 de agosto, depois da paralisação causada pelo coronavírus. Ele foi o segundo ator da emissora que pegou a doença depois da retomada das gravações, apesar do rígido protocolo de segurança para evitar a proliferação do coronavírus. Rodrigo Simas, de Salve-se Quem Puder, foi o outro contaminado, no início de setembro.

Todo o elenco tem passado por testes antes das gravações e boa parte dos atores está confinada em um hotel escolhido pelo canal. A segunda temporada de Amor de Mãe terá mais 25 capítulos e seu retorno está previsto para acontecer no começo do ano que vem.

Enquanto Amor de Mãe não volta, a Globo exibe a reprise de A Força do Querer (2017). A produção conta a história de Bibi Perigosa (Juliana Paes), uma mulher que se apaixona loucamente por um traficante de drogas e decide entrar no mundo do crime para ficar ao lado do seu grande amor.

Coronavírus em Amor de Mãe

Na segunda temporada de Amor de Mãe, Manuela Dias vai tratar do novo coronavírus. O tema será abordado através dos personagens Lídia (Malu Galli), Magno (Juliano Cazarré) e Betina (Isis Valverde). Camila (Jéssica Ellen) não será contaminada pela doença, mas sofrerá os abalos da pandemia na sua profissão, tendo dificuldades de dar aula e cuidar do seu filho recém-nascido.

A autora da trama confessou que pensou em não tratar do assunto, mas mudou de ideia. “Meu primeiro input foi não colocar a Covid. Falei ‘nossa, que coisa chata, pesada, não vou colocar’. A gente não sabia o tamanho da coisa. A Globo fechou muito rápido, os atores foram gravar num dia sem saber que não voltariam no outro. Mas chegou uma hora que não havia mais como segurar. Se deixássemos a Covid fora da novela, ela deixaria de ser realista”, explicou em entrevista para a Época.

Mais Notícias