Reportar erro
Mais mortes

A Escrava Isaura: Martinho e Raimundo têm final trágico

Dupla irá encontrar a morte depois de descobrirem pistas sobre assassinato

Cena de A Escrava Isaura com Martinho e Raimundo
Na novela A Escrava Isaura, Martinho e Raimundo sofrerão - Foto: Divulgação
Daniel César

Publicado em 29/07/2020 às 15:10:35

Na novela A Escrava Isaura, Martinho (Cláudio Curi) e Raimundo (Romulo Delduque) terão um final trágico. A dupla aparecerá morta nos próximos capítulos da trama de Tiago Santiago e que está sendo reprisada nas tardes da Record, aumentando ainda mais as suspeitas sobre quem poderá ser o assassino misterioso de Leôncio (Leopoldo Pacheco).

Em cenas previstas para irem ao ar na próxima sexta-feira (31), todo mundo ainda estará tentando descobrir quem matou o fazendeiro e ainda há um ar de mistério no fato de Martinho ter dito saber quem é o assassino, quando ocorrerá novos crimes. A situação acontecerá pouco depois de Rosa (Patrícia França) ser pega em flagrante segurando uma arma que foi do próprio Leôncio.

Enquanto a investigação segue e Isaura (Bianca Rinaldi) continua presa, Martinho e Raimundo acabarão desaparecendo e tendo seus corpos encontrados também em uma casa abandonada, situação semelhante ao que ocorreu na morte do vilão, com a diferença que ele estava mantendo a mocinha da trama como refém e tinha acabado de levar uma facada dela, que tentava evitar um estupro.

A Escrava Isaura: mais mortes

As próximas mortes da novela A Escrava Isaura irão servir para aumentar ainda mais as dúvidas sobre a identidade do assassino de Leôncio, inclusive com Álvaro (Theo Becker) fazendo de tudo para tentar livrar sua noiva da cadeia, nem que para isso tenha que ser um investigador. Ao mesmo tempo, o noivo acabará caindo em uma armadilha e irá para cama com outra, depois de ser dopado.

Fique por dentro dos próximos capítulos de A Escrava Isaura e outras produções acessando o canal de Novelas do NaTelinha.

Quer saber mais? Confira o resumo semanal da novela A Escrava Isaura de 27/07/2020 a 31/07/2020.

Mais Notícias