Batalha perdida

Novo Mundo: Anna perde no tribunal e é obrigada a viver com Thomas

Thomas consegue o que quer e vê Anna desesperada

Novo Mundo: Anna perde no tribunal e é obrigada a viver com Thomas
Thomas debocha de Anna em Novo Mundo - Divulgação/TV Globo

Publicado em 29/07/2020 às 08:18:21

Por: Redação NT

As batalhas seguem no tribunal da novela Novo Mundo, da Globo. E no capítulo desta quarta-feira (29), Anna (Isabelle Drummond) perde contra Thomas (Gabriel Braga Nunes) na luta por Vitória. O juiz decide que o vilão tem que ter a guarda da filha.

"Vitória foi registrada por Thomas, é sua filha perante a lei, com isso a menina deve ficar sob guarda do pai", diz o magistrado.

A notícia cai como uma bomba no colo de Anna, que desaba e tenta argumentar que a lei tira a filha dos cuidados da mãe e a torna propriedade do pai. Cínico, Thomas afirma que não tem interesse em separar a mãe da filha, e que recebe Anna em sua casa de braços abertos.

O cinismo de Thomas em Novo Mundo

O vilão ironiza: "Serão bem-vindas de volta! Eu não guardo rancor, só o que quero é a família reunida!".

Sem ter para onde correr, Anna acata a ordem do juiz, e ao saber do veredito, Joaquim (Chay Suede) se descontrola, alega que Vitória é sua filha legítima e que ninguém vai tirá-la de perto dele.

A professora tenta acalmá-lo: "Precisamos ser fortes, isso não vai durar para sempre. Vamos derrotar Thomas e ficarmos juntos. Eu vou trabalhar dentro daquela casa, revirando tudo até achar provas contra Thomas".

Logo que chega na casa de Thomas, Anna não se cala: "Aproveite porque não vai durar, Thomas. Vamos ver por quanto tempo você vai me manter aqui".

 Fique por dentro dos próximos capítulos de Novo Mundo e outras produções acessando o canal de Novelas do NaTelinha.

Quer saber mais? Confira o resumo semanal da novela Novo Mundo de 27/07/2020 a 01/08/2020.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!