Reportar erro
Esqueceram de mim

Maíra Charken reclama de não ter sido convidada para os 35 anos do "Vídeo Show"

Ex-apresentadora foi a substituta de Mônica Iozzi em 2016

mairacharken-videoshow_e30bb5e07a0f604ddcc49d1d87b1b61453249797.jpeg
Divulgação/TV Globo
Redação NT

Publicado em 21/03/2018 às 12:47:30

Na tarde desta terça-feira (20), o “Vídeo Show” comemorou seus 35 anos no ar com uma série de homenagens aos seus ex-apresentadores. No palco, os atuais titulares, Otaviano Costa e Sophia Abrahão, receberam Mônica Iozzi, Joaquim Lopes, Marcelo Tas, André Marques, Ana Furtado e Renata Ceribelli, além de participações, em vídeo, de Miguel Falabella, Cissa Guimarães e Angélica.

Ao ver o festejo e a reunião dos ex-comandantes da atração global, Maíra Charken, que substituiu Iozzi em 2016, correu para sua rede social e lamentou o fato de não ter sido convidada para a celebração.

Em seu InstaStories, Maíra parabenizou o programa, mas reclamou por não ter sido convidada para o especial. "Eu estou aqui, gente, para desejar feliz aniversário para o 'Vídeo Show', para toda a equipe e para todo mundo que fez parte em algum pedaço desses 35 anos, que foi o meu caso. Ah, gente, quero dizer que eu não estou presente nessa festa, nesse encontro que está acontecendo do 'Vídeo Show' por motivos de 'não fui convidada', mas também, se tivesse sido, não ia dar para ir porque Gaelzinho está todo congestionado", explicou.

Maíra Charken reclama de não ter sido convidada para os 35 anos do \"Vídeo Show\"

Maíra Charken estreou no “Vídeo Show” em março de 2016 e, em dezembro do mesmo ano, deixou o programa por uma suposta rejeição dos telespectadores. No ano seguinte, para validar o contrato em vigência, a Globo a colocou no realiy show “Saltibum”, quadro do “Caldeirão do Huck”, onde se sagrou campeã ao lado de Bruno Chateaubriand.

Com o fim da atração, seu contrato foi encerrado com a emissora.