Reportar erro
Depois de oito anos

Último "Legendários" é marcado pela emoção nesta sexta; veja fotos

legendarios-ultimaedicao-29122017(8)_f79da861b2cabbe9feb3b7528305bb1c1f77249c.jpeg
Foto: Edu Moraes/Record TV
Fabrício Falcheti

Publicado em 29/12/2017 às 16:21:05

Muita emoção vai tomar conta da última edição do programa "Legendários", nesta sexta-feira (29), na Record TV.

Por decisão da direção, a atração deixa de ir ao ar a partir de janeiro e Marcos Mion passará a se dedicar a uma nova função, cuidando do núcleo de criação multiplataforma on demand, que vai incluir o desenvolvimento de atrações para novas mídias e investimentos do Grupo Record.

Após oito anos e 380 exibições, o "Legendários" termina com as participações de Wanessa Camargo, Joelma, Zezé Di Camargo & Luciano e Jota Quest, além de Yudi Tamashiro, Léo Áquilla, Victor Sarro, Thaís Bianca, Robertha Portella e Fernando Sampaio, esses chamados de "sócios" por terem marcado presença em várias edições ao longo desse tempo.

Marcos Mion se despede emocionado do programa, mas feliz com os novos desafios propostos. “Essa emoção que eu sinto é uma emoção de alegria, uma emoção de amor. Ter o amor do público é o que vale a pena. E eu me sinto muito honrado”, diz ele no palco.

Além de se comoverem com o depoimento de agradecimento de Mion, os convidados também se divertem na brincadeira "Roleta das Atrações" e se impressionam com os poderes incríveis do mentalista português João Blümel.

O apresentador ainda tem o prazer de receber uma banda que é fã: Jota Quest. O grupo canta seus sucessos e também homenageia Romeo, filho de Mion, que é apaixonado pelo som dos músicos mineiros e da canção “Pra Quando Você se Lembrar de Mim”.

“O que a gente fez aqui vai ficar...", finaliza Mion, referindo-se ao trabalho de toda a sua equipe ao longo desses anos.

O último "Legendários" vai ao ar nesta sexta, a partir das 22h45, na Record TV. Mas poderá voltar em esquema de temporadas, e o próprio Marcos Mion revelou em recente entrevista ao NaTelinha que já conversam sobre isso para 2018.