Reportar erro
Pega a pipoca

Cinco filmes originais da Netflix para ver com a família na Páscoa

Netflix é opção para assistir filmes sem sair de casa no feriado

Cena do filme Dois Papas, com Bento XVI sussurrando no ouvido de Francisco
Dois Papas é um dos filmes da Netflix para ver no feriado - Foto: Divulgação
Daniel César

Publicado em 02/04/2021 às 06:17:00

O feriadão prolongado vai reunir toda a família em casa por conta da pandemia do coronavírus, afinal ninguém pode viajar. E a Netflix será aliada dos familiares para passar o tempo, já que a plataforma segue com um catálogo intenso. Inclusive, um dos principais candidatos ao Oscar está entre as produções para se ver, Mank, ao lado de outras obras, como História de um Casamento.

O serviço de streaming disponibiliza dezenas de conteúdo original para as suas séries, enquanto não começa o investimento em novelas brasileiras que poderá contar ainda com a ajuda da Globo no ousado projeto. Mas quem estiver no feriadão prolongado não vai precisar correr o risco de sair de casa para não quebrar a quarentena, já que as opções são várias

Cinco filmes da Netflix para assistir no feriado

Mank

Um filme todo em preto em branco é tudo que alguém precisa para esquecer do caos que estamos vivendo. E para isso, nada melhor do que conhecer a história por trás de um dos principais filmes da história do cinema, Cidadão Kane. A narrativa acompanha a vida do roteirista Herman J. Mankiewicz, responsável por escrever sobre a vida de Cidadão Kane.

Com narrativa não linear, o texto de David Fincher também apresenta diversos personagens reais que ajudaram a construir o cinema e como Mank, apelido do roteirista, convivia neste universo até vencer o Oscar pelo seu trabalho em Cidadão Kane.

História de um casamento

Charlie é diretor de teatro e casado com a atriz Nicole, mas os dois estão passando por muitas dificuldades no relacionamento e optam para pôr um ponto final na história e se divorciar. Os dois concordam em não envolver advogados, levando o processo de uma maneira amigável, principalmente porque viviam uma relação considerada perfeita.

Mas, em algum momento, ela muda de ideia e contrata uma advogada experiente, Nora, que não pensa em nada a não ser em obter lucro para sua cliente. Surpreso com a atitude de Nicole, Charlie se esforça para pagar um famoso advogado e lutar pela custódia do filho, Henry.

Os Sete de Chicago

Aaron Sorkin assina o filme, considerado um dos melhores do ano passado e que conta um filme de uma história real. Em 1968, em Chicago, o Partido Democrata realiza uma convenção para escolher os candidatos à eleição presidencial. Mas do lado de fora, pouco mais de 15 mil manifestantes contra a Guerra do Vietnã entram em confronto com a polícia e a Guarda Nacional dos EUA.

Os organizadores do protesto, que era inicialmente pacífico, são acusados de conspiração e incitação da desordem e acabam sendo presos com acusações de terrorismo interno. O julgamento deles atrai atenção mundial e começa uma discussão que coloca em risco até a sólida democracia americana e como ela lida com as críticas de seu povo à decisões do governo.

O Menino que descobriu o vento

Aos 13 anos, William, de Malawi, ganhou fama em seu país no longíncuo 2007, ao construir uma turbina de vento geradora de energia. Onde o protagonista morava, no entanto, foi assolada por uma seca que devastou a plantação da família dele.

Ele passa a estudar sozinho e a utilizar todo tipo de material improvisado para não perder tempo e cria um projeto que visa fornecer água encanada e eletricidade a todo o seu vilarejo, deixando todos chocados, já que praticamente toda a população do Malawi não tinha acesso a este benefício.

Os dois Papas

Filme do período pré pandemia e que conta com o brasileiro Fernando Meirelles como diretor e simplesmente com Anthony Hopkins, no papel do Papa Bento XVI e Jonathan Pryce interpretando o papa Francisco. A série conta a história de um encontro fictício em que o antigo papa está comunicando a seu principal crítico, que pede a aposentadoria, que pretende renunciar ao posto.

Após o encontro dos dois, a renúncia do Papa Bento XVI vai deixar a comunidade católica chocada, mas em seguida o público acompanhará a escolha de seu substituto, que acaba sendo ninguém menos que Francisco.

Mais Notícias