Reportar
erro
Redução

Netflix deve perder mais de 2 milhões de assinantes no segundo trimestre

Plataforma de streaming anunciou baixa nos números oficiais


Mão apertando controle remoto da TV, e que aparece o logo da Netflix
Netflix prevê perda de mais de 2 milhões de assinantes no segundo trimestre - Foto: Reprodução
Por Redação NT

Publicado em 19/04/2022 às 19:04:00

Em queda vertiginosa em todo mundo, a Netflix prevê perda de mais de 2 milhões de assinantes para o segundo semestre deste ano. Nesta terça-feira (19), a empresa enviou uma carta para seus acionistas fazendo um balanço dos últimos meses e dando projeções até o final do ano. A plataforma de streaming tinha 221,84 milhões de assinantes no final de 2021.

Durante os três meses iniciais de 2022, a companhia afirmou ter sofrido cancelamento de assinatura, caindo para 221,64 milhões de inscritos, totalizando uma perda de mais de 200 mil usuários. A informação já havia sido noticiada pelo NaTelinha no início do mês. Além da perda de assinantes, novas aquisições foram bem inferiores, levando em consideração o mesmo período de 2021.

A Netflix previu apenas 2,5 milhões de novos assinantes, número bem menor que os 3,98 milhões no primeiro trimestre do ano anterior, segundo a FactSet. Com o anúncio sobre o mau momento comercial da empresa, a Netflix fechou esta terça-feira (19) com queda em suas ações em mais de 22%.

"O streaming está conquistando o linear, como prevíamos, e os títulos da Netflix são muito populares globalmente. No entanto, nossa penetração familiar relativamente alta – ao incluir o grande número de famílias que compartilham contas – combinada com a concorrência, está criando ventos contrários no crescimento da receita", informou.

Netflix lista problemas que afugentaram assinantes em 2022

imagem-texto

A empresa também citou quatro pontos que podem estar por trás de sua perda de assinantes: a baixa de TV conectadas, compartilhamento de senhas, crescimento da concorrência e problemas econômicos globais, como a invasão da Rússia na Ucrânia e aumento da inflação. "Nosso plano é reacelerar nosso crescimento de visualizações e receita, continuando a melhorar todos os aspectos da Netflix – em particular a qualidade de nossa programação e recomendações, que é o que nossos membros mais valorizam", disse o documento.

Siga a gente no Instagram

Acompanhe nosso perfil e fique por dentro das quentinhas da TV e famosos

ACESSE!
Mais Notícias