Reportar
erro
Mundo árabe

Netflix ajuda mulheres cineastas árabes: "Promover a diversidade"

Plataforma quer promover histórias de mulheres no mundo árabe


Logo da Netflix em sala
Netflix mira mundo árabe e quer promover a diversidade - Foto: Divulgação
Por Redação NT

Publicado em 18/04/2022 às 08:40:58

A Netflix está em parceria com a Arab Fund for Arts and Culture (AFAC) para apoiar cinco cineastas mulheres árabes. O acordo fará com que a plataforma doe uma quantia única de US$ 250 mil (ou cerca de 1,250 milhão de reais na cotação atual) para produtoras e diretores do mundo árabe.

A medida é para ajudar a criar novas oportunidades para comunidades sub-representadas na indústria do entretenimento. Ao todo, cinco projetos foram selecionados, liderados por mulheres da Tunísia, Líbano e Marrocos. Dentre os projetos estão The Mother of All Lies, do diretor/produtor Asmae el Moudir, as produtoras libanesas Diala Kachmar (From the Other Shore), Jana Wehbe (The Day Vladimir Died) e Tania Khoury (Manity). O quinto projeto é My Name is Clara, da diretora e produtora tunisiana Sarra Abisi.

A diretora de aquisições de conteúdo da Netflix, Diz Nuha el Tayeb, afirma que a empresa está comprometida a contar histórias sobre e por mulheres do mundo árabe. "O mundo árabe tem uma longa história no entretenimento, e tivemos sucessos e estreias incríveis na região", garante ao Deadline nesta segunda-feira (18).

Netflix quer investir no mundo árabe

Netflix ajuda mulheres cineastas árabes: \"Promover a diversidade\"

"Estamos muito orgulhosos. Mas para dar a mais pessoas a chance de ver suas vidas refletidas na tela, precisamos de mais mulheres atrás e na frente das câmeras."

Diz Nuha el Tayeb diretora de aquisições de conteúdo da Netflix na Turquia

O diretor executivo da AFAC concorda. "Cada vez mais cineastas mulheres árabes estão criando imagens em movimento que têm o poder de fazer de fazer reconhecidas sobre as realidades da região", opinou.

"Esta colaboração da Netflix, desta vez para apoiar as mulheres no campo do cinema, complementa perfeitamente a missão da AFAC de promover a diversidade de vozes e narrativas", encerrou ele.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
TAGS:
Mais Notícias