Reportar erro
Para 2022

Após troca de presidente, Globo anuncia novas mudanças na alta cúpula

A substituição de Jorge Nóbrega por Paulo Marinho já havia sido anunciada

Montagem de fotos de Paulo Marinho e Jorge Nóbrega
Paulo Marinho substitui Jorge Nóbrega na presidência da Globo - Sérgio Zalis/Globo
Jéssica Alexandrino

Publicado em 18/11/2021 às 13:45:50,
atualizado em 18/11/2021 às 14:20:37

A Globo anunciou nesta quinta-feira (18) mudanças na estrutura da emissora, que passam a valer após a troca na presidência executiva da empresa, prevista para fevereiro de 2022. As novidades são desdobramentos da substituição de Jorge Nóbrega por Paulo Marinho, divulgada em outubro deste ano. No novo planejamento, a diretoria de Canais da Globo, ocupada por Paulo Marinho desde 2020, concentrando todos os canais lineares e afiliadas, deixará de existir.  O novo desenho organizacional, segundo comunicado, foi pensado para reforçar a estratégia da empresa, que deseja se tornar cada vez mais digital.

Erick Bretas, atual diretor de Produtos e Serviços Digitais, área responsável pela gestão do Globoplay, passará a liderar também os canais pagos de entretenimento e infantil, esportes e variedades, e news. Também se juntam a essa nova estrutura, que passa a se chamar Produtos Digitais e Canais Pagos, as áreas de negócios internacionais, Globo Filmes e VIU Hub (social media). 

Já Amauri Soares, hoje à frente da TV Globo, assumirá o comando também da rede de afiliadas. Pedro Garcia, diretor de Aquisição e Governança de Direitos, vai incorporar a área de Ciclo de Vida de Conteúdos, que cuida da circulação estratégica dos conteúdos entre as diferentes janelas e plataformas da empresa.

Dessa forma, a partir de fevereiro, passarão a responder diretamente a Paulo Marinho e a compor o board dos Centros de Resultado da Globo, Amauri Soares, liderando a diretoria da TV Globo e Afiliadas, Erick Bretas, à frente de Produtos Digitais e Canais Pagos, e Manzar Feres, diretora de Negócios Integrados em Publicidade. Estarão ao lado de Ali Kamel, diretor de Jornalismo, Ricardo Waddington, diretor de Entretenimento, Renato Ribeiro, diretor de Esportes, Raymundo Barros, diretor de Estratégia e Tecnologia, e de Pedro Garcia, diretor de Aquisição e Governança de Direitos, no núcleo de Operações Core da Globo.

Integram ainda o quadro da empresa, nas diretorias de Gestão Corporativa, Paulo Tonet, responsável pelas Relações Institucionais, Claudia Falcão, diretora de Recursos Humanos, Manuel Falcão, à frente de Marca e Comunicação, e Manuel Belmar, diretor de Finanças, Jurídico e Infraestrutura, que ficará responsável ainda pela articulação da agenda ESG (governança social, ambientam e corporativa) na empresa.

A emissora afirma que outros desdobramentos da estrutura anunciada hoje serão feitos ao longo do primeiro semestre de 2022. 

Globo anuncia mudanças na presidência para 2022

A Globo promove mudanças na presidência a partir de 2022 e anunciou nesta quinta as novidades. João Roberto Marinho assumirá a presidência do Grupo Globo e Paulo Marinho, atualmente diretor de Canais da Globo, comandará a Globo. Eles substituirão Jorge Nóbrega, atual presidente executivo do Grupo Globo e da Globo.

Em nota enviada à imprensa, a emissora diz que nos próximos três meses, Jorge Nóbrega e Paulo Marinho conduzirão juntos o processo de transição na Globo e afirma que substituição já estava planejada há algum tempo e "faz parte da jornada de profunda transformação digital da empresa, que foi iniciada por Nóbrega em setembro de 2018 e que estará a cargo de Paulo Marinho a partir do ano que vem".

Após troca de presidente, Globo anuncia novas mudanças na alta cúpula

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
TAGS:
Mais Notícias