Tragédia

Bruno Krupp é acusado de atropelar e matar adolescente

Segundo a Polícia Civil do Rio de Janeiro, o influenciador não tem habilitação para motocicleta


Bruno Krupp posando na areia, vestindo roupa social e sem sorrir
Bruno Krupp em foto publicada nas redes sociais - Reprodução/Instagram

No último fim de semana, o modelo e influencer Bruno Krupp, ex-namorado de Sarah Poncio, se envolveu em um grave acidente na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. De acordo com informações preliminares, o influenciador voltava de uma festa dirigindo uma moto em alta velocidade, quando atropelou um adolescente de 16 anos identificado como J.G., que teve uma das pernas decepada e morreu pouco depois de chegar ao Hospital Lourenço Jorge.

Bruno foi levado para a mesma unidade hospitalar, onde chegou a ser internado na UTI. Logo após o acidente, o modelo só estava conseguindo mexer as mãos e os médicos suspeitam que ele tenha fraturado as vértebras C5 e C6. No momento, o influenciador já está no quarto e passa por exames para identificar a gravidade das lesões. 

O caso foi registrado na 16ª DP inicialmente como lesão corporal na direção de veículo automotor, mas, com a morte da vítima, será investigado como homicídio culposo já que, segundo as autoridades, Bruno não tem habilitação para conduzir motocicletas e a polícia ainda avaliará a possibilidade dele estar sob efeito de álcool.

Quando o caso começou a repercutir nas redes sociais, o perfil de Bruno no Instagram, que tem mais de 140 mil seguidores, foi desativado. Pouco depois, a página voltou ao ar, mas de forma privada. Alguns amigos famosos do influencer, como Nego do Borel, comentaram em suas publicações pedindo notícias dele.

A assessoria de Bruno Krupp confirmou a informação de que ele se envolveu em um acidente, mas alegou não ter mais detalhes. Ao portal Metrópoles, amigos da mãe da vítima afirmaram que o modelo era o condutor da motocicleta e disseram que ela está em estado de choque por ter perdido seu único filho.

Confira a nota divulgada pela Polícia Civil do Rio de Janeiro:

O caso foi registrado na 16ª DP (Barra da Tijuca), inicialmente como lesão corporal na direção de veículo automotor. Com a morte da vítima será investigado como homicídio culposo na direção de veículo automotor. A perícia foi realizada no local, e a motocicleta foi apreendida. O condutor da moto está hospitalizado e será ouvido assim que receber alta médica. De acordo com os agentes, ele não tem habilitação. As investigações estão em andamento para esclarecimento de todos os fatos.

Logo Superviral
Se for SURPREENDENTE, é SUPER VIRAL.

Aqui você encontrará os assuntos mais interessantes do momento e conteúdos incríveis. Bichos, fatos históricos, lendas urbanas, viral e muito mais. No Super Viral, o inusitado acontece!

Confira
TAGS:
Mais Notícias
Outros Famosos