Revelação

Ayrton Senna pediu Xuxa em casamento no dia do acidente, diz amigo

Em podcast, o compositor Michael Sullivan garantiu que os famosos pretendiam subir ao altar


À esquerda, Michael Sullivan no podcast Papagaio Falante; à direita, Xuxa e Ayrton Senna nos anos 1990
Michael Sullivan fez revelações sobre relação entre Xuxa e Ayrton Senna - Foto: Reprodução/YouTube
Por Redação NT

Publicado em 28/07/2022 às 12:15:00,
atualizado em 28/07/2022 às 12:16:47

Ayrton Senna (1960-1994) pediu Xuxa em casamento no dia do acidente que matou o piloto de Fórmula 1. Foi o que revelou o compositor Michael Sullivan, autor de diversos sucessos da Rainha dos Baixinhos e amigo do casal, em entrevista divulgada na última semana. Ele garantiu que os famosos chegaram a marcar uma data para o casório.

“O Ayrton Senna ligou para a Xuxa naquele dia, de madrugada. Depois, ele falou comigo. Às vezes, quando falava com ela por telefone, me chamava perguntando ‘o Negão está aí?’. Falou comigo bem rápido e passou uns 40 minutos ou mais com ela”, relatou Michel Sullivan em entrevista ao podcast Papagaio Falante.

Durante a ligação, segundo o compositor, os famosos decidiram subir ao altar. “Depois de desligar, a Xuxa falou: ‘Resolvi que quando ele voltar [da Itália], nós vamos casar’. Naquele dia, só tinha eu, ela, o técnico Jorge Gordo e uma visita, a Mercedes Sosa, que estava no Brasil. Mas, depois, ela disse ‘Hoje, estou sem condições de cantar’ e cancelou a gravação.”

Segundo Sullivan, Xuxa ainda tentou convencer Ayrton a não correr, mas o piloto negou, argumentando que Michael Schumacher estava na sua cola e poderia despontar na Fórmula 1 caso ele não disputasse naquele dia. O compositor assistiu à última corrida do amigo e ficou preocupado com a Rainha dos Baixinhos.

“Naquele dia eu não dormi. Fiquei acordado para ver a corrida. Quando aconteceu o acidente e saiu a notícia da morte, liguei para a Marlene [Mattos, diretora e empresária de Xuxa]. Ela estava enrolando para acordar a Xuxa, pensando o que iria falar. Só falei com ela à tarde”, relatou Sullivan.

“Você só vai ouvir os gritos”, disse empregada de Xuxa no dia da morte de Ayrton Senna

imagem-texto

Sérgio Mallandro, que comanda o podcast Papagaio Falante com Renato Rabello, relatou que também ligou para a casa da apresentadora no dia da tragédia. Na ocasião, ele conversou com Mariam, empregada da loira, e ouviu da funcionária: “Você só vai ouvir os gritos”. Ele explicou: “Ela se trancou e só gritava e chorava. Foi uma dor muito forte. Ninguém entrava no quarto”.

Em seguida, Sullivan confirmou: “Ele ligou na véspera e os dois marcaram casamento”. Mallandro permaneceu surpreso com a revelação: “Que loucura! E você presenciou isso, cara?”. “Tudo!”, garantiu o responsável por diversos hits da cantora, como Lua de Cristal, Parabéns da Xuxa, É de Chocolate e Brincar de Índio.

Ayrton Senna morreu em 1º de maio de 1994, após a colisão com uma barreira de concreto, enquanto participava do Grande Prêmio de San Marino, no Autódromo Enzo e Dino Ferrari, em Ímola, na Itália. Na época, apesar do affair com Xuxa, ele namorava publicamente a então modelo Adriane Galisteu.

Também em participação recente no Papagaio Falante, Xuxa falou sobre sua história de amor com Ayrton Senna. Ela não se furtou em revelar uma das intimidades do casal, como uma das vezes que ela pediu para que o amado colocasse um capacete na hora do sexo.

Assista à integra da entrevista de Michael Sullivan no podcast Papagaio Falante:

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias
Outros Famosos