Esteban Valdés

Filho de Ramón Valdés guarda até hoje chapéu do seu Madruga

Esteban Valdés falou sobre história do pai em entrevista a podcast brasileiro


Esteban Valdés foi entrevistado pelo podcast Inteligência Ltda
Esteban Valdés foi entrevistado pelo podcast Inteligência Ltda- Foto:Reprodução/YouTube
Por Daniele Amorim

Publicado em 26/07/2022 às 20:15:00,
atualizado em 26/07/2022 às 20:16:16

Filho de Ramón Valdés, o eterno seu Madruga do Chaves (1973-1980), Esteban Valdés guarda até hoje o chapéu do personagem da comédia mexicana. Ele trouxe a peça para o Comedy Con Brasil, evento realizado no Rio de Janeiro em julho, e o emprestou para Carlos Seild, que é o dublador oficial do papel mais famoso de seu pai. 

O escritor contou a curiosidade em entrevista ao podcast Inteligência Ltda, que foi ao ar nesta segunda (25).  "[Nesta visita ao Brasil} eu estive em São Paulo, no Rio, no Comedy Com com os dubladores do meu pai. Eu tenho o chapéu do meu pai, original, eu mostrei e pedi que o Carlos Aires, o dublador, para usar", explicou ele, que ressaltou que nunca havia deixado ninguém colocá-lo. 

Além de participar do evento de comédia, onde falou sobre a trajetória do pai, Esteban esteve no país para viabilizar a versão em português do livro que fez sobre a história de Ramon Valdés. "No livro, eu falo de minhas lembranças do meu pai, de quando era menino. Chega nos anos 1800, com a história dos meus avós, história da família do meu pai, de quando ainda não era famoso e não tinha dinheiro",  contou, sobre parte da narrativa. 

imagem-texto

Perrengue na vida real 

Curiosamente, Esteban revelou que o pai vivia uma vida semelhante ao perrengue que seu Madruga passava nos episódios de Chaves.

Antes de ficar nacionalmente conhecido, ele não tinha uma boa condição financeira, mas precisava sustentar seus filhos. Ao todo, Ramón deixou dez herdeiros.  "Quando meu pai morreu, ele tinha 63 anos e seu mais filho mais jovem tinha 1 ano. Todos as irmãs e irmãos somos unidos, foram três esposas". 

O ator faleceu em agosto de 1984 por conta de tumores malignos no pulmão e estômago. O último, inclusive, se espalhou por pelo corpo até chegar na coluna vertebral. 

Confira parte da entrevista de Estebán:

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias
Outros Famosos