Polêmica

Evangélica, Priscilla Alcântara rebate fala homofóbica de Bruna Karla: "Infeliz"

Artista garantiu que se apresentaria em um casamento homoafetivo, ao contrário da cantora gospel


Priscilla Alcântara em entrevista ao Poccast, transmitido no YouTube
“É muito triste, é podre, é errado em muitos níveis”, disparou Priscilla Alcântara ao falar sobre as declarações de Bruna Karla - Foto: Reprodução/YouTube

Priscilla Alcântara afirmou que cantaria no casamento do influenciador digital Rafa Uccman. A afirmação foi feita pela artista, que é evangélica, em entrevista ao Poccast, comandado por ele e por Lucas Guedez, na quarta-feira (22). O comentário foi uma referência à declaração homofóbica da cantora gospel Bruna Karla, que afirmou ter negado presença caso um amigo gay se casasse com o parceiro.

“É muito triste, é podre, é errado em muitos níveis”, disparou Priscilla Alcântara ao falar sobre as declarações de Bruna Karla. “É um exercício básico que eu faço: quando eu for abrir a boca, minha preocupação não tem que ser emitir a minha opinião. Primeiro, a opinião não foi feita para ser dada, foi feita para você ter. Você só dá sua opinião se te pedem.”

Ela foi em frente: “Quando você falar, pensa em como sua fala vai atingir e refletir no próximo. O próximo sou eu, eu tenho que me ver em você”. O tema está diretamente ligado à religião, segundo a artista. “Esse é o cerne da minha fé. É sobre isso quando Deus fala para amá-lo sobre todas as coisas e amar o próximo como a ti mesmo.”

“Foi completamente infeliz. Inadmissível, acho que é a palavra. Na sociedade em que a gente vive, pessoas da comunidade morrem por ser quem são… Falando de forma metafórica, enquanto adoro a Deus, mato alguém, seja com a minha palavra ou de um jeito literal. Isso não reflete o Deus que eu acredito.”

Assista às críticas de Priscilla Alcântara direcionadas a Bruna Karla:

Declarações homofóbicas de Bruna Karla revoltaram famosos

Evangélica, Priscilla Alcântara rebate fala homofóbica de Bruna Karla: \"Infeliz\"

Na semana passada, o ex-BBB Gil do Vigor usou suas redes sociais para detonar Bruna Karla, cantora gospel da Igreja Batista Central da Barra. Ela afirmou que não iria ao casamento gay de um amigo e que os homossexuais vão para o inferno. O famoso não poupou palavras para esculachar a cantora, citando inclusive, um versículo da bíblia onde há a condenação a qualquer tipo de preconceito.

"De fato, quando Jesus aparecer, alguém irá se envergonhar e não é seu amigo gay e, sim, você por sua atitude preconceituosa. João 14 fala que Deus nos chama de amigos e a palavra amigo é forte demais para ser sustentada com base no preconceito e falta de amor ao próximo", disse o economista, que também é gay assumido e membro da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

A polêmica fala de Bruna rolou durante o papo dela com Karina Bacchi no podcast Positivamente. "Teve um amigo que me perguntou: ‘Bruna, quando eu me casar você vai no meu casamento?’ e eu olhei para ele, fui bem sincera e disse: ‘Ah, quando você se casar com uma mulher linda e cheia do poder de Deus, eu vou sim’". As declarações revoltaram nomes como Anitta e Xuxa.

"Estou falando de um amigo, homossexual, que a gente tem essa liberdade, e eu falei que o dia que eu aceitar cantar em um casamento com outro homem, eu posso parar de cantar sobre a bíblia e sobre Jesus", disse Bruna, que ainda falou que os gays estão indo para o caminho da "morte eterna" e para o "inferno". Depois, o amigo citado pela cantora rebateu as afirmações.

Acompanhe a TV NaTelinha no YouTube

Resumos de novelas, entrevistas exclusivas, bastidores da televisão, famosos, opiniões, lives e muito mais!

Inscreva-se
Mais Notícias
Outros Famosos