Desabafo

Jojo Todynho rebate ataques de evangélicos: "Não veem jornal?"

Funkeira relatou acusações após criticar falas homofóbicas da cantora gospel Bruna Karla


Jojo Todynho posa para foto postada no Instagram
"Eu não preciso subir nas costas de ninguém", disparou Jojo Todynho - Foto: Reprodução/Instagram

Jojo Todynho relatou estar recebendo ataques de evangélicos que vem recebendo nas redes sociais. As mensagens contra começaram a chegar depois que ela rebateu, durante sua participação na Parada do Orgulho LGBTQIA+, em São Paulo (SP), no último domingo (19), as falas homofóbicas da cantora gospel Bruna Karla. A funkeira fez questão de rebater os comentários por meio de rede social.

“Eu não preciso subir nas costas de ninguém. Mas não sei se as pessoas vivem no país das maravilhas ou estão insanas. Vocês se esqueceram do país em que vocês vivem? Será que vocês não veem o jornal?”, indagou Jojo Todynho, por meio dos stories de seu perfil no Instagram na madrugada desta terça-feira (21).

A funkeira foi em frente em seu desabafo: “Vivemos num país preconceituoso, racista, que as pessoas levam tudo ao pé da letra. E a gente tem que pensar no amanhã, no que uma palavra pode causar. E quando têm pessoas que confirmam seu pensamento maldoso, falando, agredindo fisicamente ou verbalmente, porque outras pessoas têm opinião diferente da dela ou vivem uma vida diferente da delas”.

Jojo garantiu ser cristã e propôs que todos sigam “o verdadeiro evangelho”, sem semear ódio e falar do real amor de Deus. “Estão esquecendo de algo que tem na Bíblia, o livre arbítrio. A sua conta você vai prestar com Deus”. Em seguida, a ex-participante da Dança dos Famosos falou diretamente sobre a polêmica com Bruna Karla:

“Ela como adoradora de Cristo, deveria falar do amor de Deus. Todo momento que você coloca para fora algo que esteja enraizado dentro de você, é preconceito sim. Há tantas maneiras de você falar do amor de Deus e pregar sobre o seu ministério. Você vai dar força para as pessoas que já fazem maldade, já atacam. Uma coisa que eu menos preciso é subir nas costas de Bruna Karla ou de qualquer outra pessoa. Porque a minha conta, eu vou prestar com Deus.”

Entenda a polêmica envolvendo Bruna Karla e Jojo Todynho

imagem-texto

Na última semana, em entrevista ao podcast Positiva Mente, de Karina Bacchi, a cantora Bruna Karla revelou que se recusou a cantar no casamento de um amigo gay. A entrevista afirmou ainda que aconselhou o amigo a se casar com uma mulher e que ele estava “escolhendo o caminho da morte eterna”.

“Aos meus queridos ouvintes homossexuais, o que Deus tem para a sua vida é libertação. O que Deus tem para a sua vida é o que ele sonhou para você. Receba todo o meu amor, o meu respeito, porque Jesus não sonhou isso para você”, declarou Bruna Karla, naquela ocasião, incitando uma enxurrada de críticas.

Vários famosos se manifestaram contra a cantora, entre eles, Jojo Todynho, durante a Parada do Orgulho LGBTQIA+, em São Paulo, no último domingo (19): “Eu só tenho uma coisa para dizer: Deus é o maior! Deus é amor! A parada é pro amor! Nós queremos o amor e menos o ódio! Chega de matança! Chega de intolerância! Somos gays, sim! Somos pretos, sim!”.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias
Outros Famosos