Reportar
erro
Não agora

Bruno Gissoni refuta ideia de carreira internacional: "Minha casa está aqui"

Ator comentou caminhos do irmão Felipe Simas


Bruno Gissoni sorrindo
Bruno Gissoni comenta trabalho em séries internacionais - Foto: Divulgação
Por Redação NT

Publicado em 09/05/2022 às 09:18:12,
atualizado em 09/05/2022 às 09:24:17

Bruno Gissoni não quer seguir os passos do irmão e viver uma carreira internacional. O ator, depois de gravar a série Rio Connection, para a Globo em parceria com a Sony, agora entra para o elenco da quarta temporada de Impuros, do Star+. "Claro que já pensei numa carreira internacional, mas acho que a minha está aqui dentro", diz ao jornal O globo.

"Antes de qualquer coisa quero trabalhar em casa, com histórias que o Brasil tem para contar. O que o Felipe está fazendo é uma coisa muito corajosa", diz em relação ao irmão Felipe Simas, que deixou o país para viver nos Estados Unidos.

Na visão de Bruno, Felipe já possui uma carreira consolidada no Brasil, mas deixa um legado. "Isso só engrandece a coragem de ir para fora e começar do zero. Bom é que, se eu quiser dar uma voltinha, posso ir pra lá. Madalena também tem onde ficar se quiser morar fora", brinca.

Bruno Gissoni e Rio Connetion

 Bruno Gissoni refuta ideia de carreira internacional: \"Minha casa está aqui\"

Rio Connection fala sobre o tráfico de drogas nos anos 70. "E Impuros é oriunda daí, as duas décadas depois, no final dos anos 90. Essa linha cronológica de Rio Connection acaba em Impuros, uma série que mostra como isso se enraizou na nossa sociedade e na nossa economia. Saiu da favela e foi parar lá no judiciário. É interessante ter uma história que bota uma lupa nesse problema crônico brasileiro que é a luta contra o tráfico."

Na história, Bruno será Santos. "Ele fica bem no olho do furacão, entre o mundo do Morello (Rui Ricardo Diaz) e o do Evandro (Raphael Logam). E tem um romance com a ex-mulher muito forte, que afeta bastante a vida dele", adianta.

Já em Rio Connection, Gissoni é um dono de boate envolvido com as atividades criminosas do mafioso italiano Tommaso Buscetta (Valerio Morigi). "Eu achava que seria mais tranquilo. Morei quase dez anos em Los Angeles. Passei minha adolescência toda lá. Mas, como não praticava há muito tempo, rolou uma insegurança. Depois consegui reativar. Foi muito divertido. Não sonhava atuar em inglês, não buscava isso", diz.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias
Outros Famosos