Batalha judicial

Ex de Johnny Depp teria decepado parte de um dedo do ator com garrafa, diz enfermeira

Ator quer reparação milionária


Amber Heard e Johnny Depp sorrindo
Amber Heard e Johnny Depp: ex-casal ainda briga na Justiça - Foto: Divulgação

A batalha judicial entre Johnny Depp e a ex-esposa, Amber Heard, continua. Agora, o caso envolve o testemunho de uma ex-enfermeira do ator, que revelou que ele teria perdido a parte de um dedo durante uma briga com a então companheira onde eles estavam hospedados na Austrália.

Debbie Lloyd teria viajado com o casal em março de 2015 e feito parte da equipe que ajudou Depp a tratar o vício em opióides de Depp, disse que chegou à casa do astro enquanto ele filmava Piratas do Caribe e encontrado uma casa toda revirada, com TV quebrada e paredes rabiscadas. "Lembro de procurar o dedo dele no andar debaixo. A casa estava uma bagunça", disse ela em depoimento nessa segunda (18).

As mãos de Depp estariam cobertas de tinta e sujeira e depois muito buscar, encontraram a ponta do dedo, e ele foi para o hospital. "Ouvi dizer que Amber jogou uma garrafa de vodka nele", contou sobre uma das versões. "Ouvi dizer que ele bateu com um telefone", acrescentou.

Johnny Depp pede indenização milionária

imagem-texto

Heard nega que tenha jogado uma garrafa de bebida no ex. Ontem, ainda, o depoimento de um ex-médico particular de Depp contribuiu para a reconstituição da briga. Ele afirmou ter ido à casa depois do incidente do dedo e viu vidro quebrado, além de sangue no chão. Depp teria dito que cortou o dedo com uma faca.

Em uma mensagem enviada pelo intérprete de Willy Wonka nos cinemas, Depp avisou que precisaria fazeru ma cirurgia. "Eu cortei a parte superior do meu dedo médio… O que devo fazer!?? Exceto, é claro, ir para um hospital…. Estou tão envergonhado por pular em qualquer coisa com ela...", relatou. Mais de uma semana depois, ele teria enviado: "Obrigado por tudo. Eu cortei meu dedo médio esquerdo como um lembrete de que eu nunca deveria cortar meu dedo novamente!! Eu te amo, irmão".

Johnny Depp processa Amber Hear por difamação por um artigo que ela escreveu alegando ser uma sobrevivente de violência doméstica. Segundo ele, teria perdido seu emprego na franquia Piratas do Caribe e danos irreparáveis à sua imagem, pedindo US$ 50 milhões em indenizações.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias
Outros Famosos