Reportar
erro
Após 20 anos

Por onde anda Juca de Oliveira, o Albieri de O Clone

Aos 87 anos, ator vive em fazenda e segue na ativa, com peça em cartaz em São Paulo


À esquerda, Juca de Oliveira como o Dr. Albieri de O Clone; à direita, o ator aos 87 em peça de teatro
"Ainda hoje as pessoas me param na rua pra falar sobre a novela", contou Juca de Oliveira sobre trabalho em O Clone - Fotos: Divulgação/Globo e Divulgação/João Caldas
Por Redação NT

Publicado em 26/03/2022 às 15:30:00

No ar como o Dr. Albieri na reprise de O Clone, na Globo, Juca de Oliveira não pensa em se aposentar. Em entrevista divulgada neste sábado (26), o ator de 87 anos afirma que seu sonho é continuar trabalhando. Com uma peça em cartaz em São Paulo, ele mora em Itapira, no interior do estado, e não descarta um retorno à TV.

“Grande parte do meu trabalho de escrever teatro é executado na fazenda. Aprendi e me acostumei a escrever no silêncio do campo, só quebrado pelo eventual canto de pássaros e passarinhos... Nada mal, não é? Mas também adoro trabalhar na cidade”, disse Juca de Oliveira, em entrevista à revista Quem.

Seu último trabalho em novelas foi em O Outro Lado do Paraíso (2017), mas seu nome está cotado para o elenco de Olho por Olho, trama escrita por João Emanuel Carneiro para o Globoplay. Em cartaz com A Força do Meu Bem-Querer, ele relatou a vontade de fazer na TV outro grande personagem como o Albieri de O Clone.

“Tenho enorme paixão por essa maravilhosa obra-prima de Glória Perez! Na época me senti muito honrado ao ser convidado pra fazer o cientista Albieri. Ainda hoje as pessoas me param na rua pra falar sobre a novela. Foi uma personagem muito importante na minha carreira de ator.”

Saiba o que acontece com Albieri no final de O Clone

Por onde anda Juca de Oliveira, o Albieri de O Clone

No último capítulo de O Clone, Albieri tem um final enigmático. Execrado pela opinião pública após a revelação de que fez uma clonagem humana, o cientista não vê outra saída a não ser fugir do Brasil. No Marrocos, ele busca o anonimato, mas é seguido por Léo (Murilo Benício), que também se vê sem rumo na vida. Nos últimos momentos da novela, os dois caminham pelo deserto e desaparecem, deixando um final aberto sobre o destino deles.

Quem não se conforma com a situação é Edna (Nívea Maria). Responsável por divulgar a verdade para a imprensa, ao acreditar que Albieri a estava traindo, ela decide ir atrás do cientista para impedi-lo de cometer uma loucura. A ex-secretária vai para o Marrocos certa de que poderá fazer o amado se reerguer. Já Deusa (Adriana Lessa), casada com Edvaldo (Roberto Bonfim), passa a dedicar seus dias à dança e à espera do filho perdido pelo mundo.

NaTelinha no Google News

Acompanhe as exclusivas da televisão, resumos das novelas, as bombas dos famosos, realitys e muito mais na palma da mão.

Siga-nos
Mais Notícias
Outros Famosos