Reportar
erro
Saiba mais!

Visibilidade trans: 5 personalidades que venceram o preconceito e bombam

Confira os artistas trans que estão bombando


Liniker posando para foto
Liniker posando para foto - Foto: Reprodução/Globo
Por Natasha Amaral

Publicado em 29/01/2022 às 07:00:00

Diariamente diversas pessoas são alçadas à fama no Brasil. Apesar de ser considerado um território diverso, o país ainda enfrenta muitas mazelas quando a questão passa a ser de gênero. A entrada de Linn da Quebrada no BBB 22 trouxe a discursão na TV. Celebrado neste sábado (29), o Dia Nacional da Visibilidade Trans e Travesti coloca em pauta questões vitais a uma das populações que mais sofre com a discriminação. Atualmente, o Brasil é o país que mais mata pessoas trans em todo o mundo, de acordo com a ONG internacional Transgender Europe - TGEU, que monitora mais de 70 países.

Segundo levantamento da mesma organização, a cada 10 assassinatos de pessoas trans no mundo, quatro ocorrem no Brasil. A data que busca dar luz à causa foi implantada em 2004, quando travestis, mulheres e homens trans foram a Brasília lançar a campanha "Travesti e Respeito", buscando promover a cidadania e o respeito entre as pessoas. Pensando neste dia tão importante, o NaTelinha reuniu alguns famosos que quebraram o preconceito e estão bombando.

Linn da Quebrada

imagem-texto

Atriz, cantora, roteirista, apresentadora e filosofa, Linn da Quebrada, de 31 anos, carrega em sua arte o ativismo social pelos direitos civis da população LGBT+. Iniciou a carreira artística como performer, e, na adolescência, também foi auxiliar de cabeleireira. Sua primeira música autoral foi lançada em 2016, com o título Enviadescer, e logo após vieram outros singles de sucesso.

A artista, que atualemente integra o grupo camarote do BBB 22, diz que gosta muito de escrever e suas composições têm um objetivo importante: "Canto na intenção de ouvir aquilo que não ouvia antes. "E eu sou uma exceção. A grande maioria das travestis não tem a possibilidade de trabalhar, de atuar, de ter dignidade na sociedade".

Thammy Miranda

Visibilidade trans: 5 personalidades que venceram o preconceito e bombam

Filho da eterna rainha do bumbum, Gretchen, o empresário Thammy Miranda é um das grandes personalidades trans do país. Ao longo da carreira, trabalhou como cantor, modelo e dançarino, profissões não mais exercidas. Quando ainda se apresentava com o gênero feminino, dançava em shows de Gretchen e fez ensaios sensuais para revistas masculinas. Lançou o CD Lindo Anjo em 2001, quando começou a despontar na mídia.

Em 2014, assumiu ser um homem transexual e iniciou o processo de adequação de gênero. Foi casado com Janaína Cinci, em 2010. Três anos depois, conheceu a modelo Andressa Ferreira, com quem se casou em 2018. Eles são pais de Bento, nascido em 2020. No mesmo ano, estrelou uma campanha de Dia dos Pais com grande repercussão.

Dia da visibilidade trans: Liniker

Visibilidade trans: 5 personalidades que venceram o preconceito e bombam

Liniker é uma cantora, compositora, atriz e artista visual brasileira do MPB. Com influência de estilos como soul, jazz e samba, destaca-se, a partir de 2015, por sua potência vocal e pelas letras de amor na banda Liniker e os Caramelows. Ultrapassando barreiras e quebrando o preconceito, ela foi a primeira artista trans indicada para o Grammy Latio, em 2019.

Ariadna

Visibilidade trans: 5 personalidades que venceram o preconceito e bombam

Ariadna é esteticista, maquiadora e influenciadora digital. Tornou-se famosa ao participar da 11ª edição do Big Brother Brasil como a primeira transexual a integrar o elenco do reality show da Globo. Contudo, foi a primeira eliminada da disputa. Depois, chegou a participar de uma casa de vidro para tentar uma repescagem, mas foi novamente preterida pelo público. Após o confinamento, seguiu como figura recorrente em programas de TV e se meteu em algumas polêmicas. Divide-se entre trabalhos no Rio de Janeiro e na Itália.

Lea T

Visibilidade trans: 5 personalidades que venceram o preconceito e bombam

Filha do jogador de futebol Toninho Cerezo, Lea T chocou a sociedade ao falar abertamente sobre a sua transição. Modelo, a moça por alguns anos foi colocada como um dos grandes revelação das passarelas brasileiras. A incursão de Lea no mundo da moda ocorreu após ela conseguir um emprego como modelo através do amigo estilista Riccardo Tisci, época em que ela passou a morar, trabalhar e fazer faculdade de veterinária em Milão, na Itália. Em fevereiro de 2015, foi eleita pela revista americana Forbes uma das 12 mulheres que mudaram a moda italiana. A modelo integra lista ao lado de nomes como Miuccia Prada, Anna Dello Russo e Franca Sozzani.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias
Outros Famosos