Reportar erro
Antipatia?

Gil do Vigor revela motivo de fugir de Ludmilla e fãs em evento

Economista foi criticado por não tirar fotos com cantora e admiradores

Gil do Vigor posado com óculos escuros
Gil do Vigor revela motivo de fugir de Ludmilla e fãs em evento - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 20/12/2021 às 21:49:03

Acusado de antipatia durante o Natal da Vila de Carlinhos Maia, por não querer tirar fotos com fãs e Ludmilla, Gil do Vigor revelou motivo de fugir de abraços e selfies no fim do evento. Nesta segunda-feira (20), o economista usou as redes sociais para explicar o porquê de sua atitude, já que foi tida como polêmica entre os convidados da festa. Através do Instagram, Gilberto contou que estava muito suado e que, por conta disso, não pode atender aos fãs.

"Estão falando, 'Gil não quis tirar foto com a vigorosa'. Para deixar claro aqui, eu adoro tirar foto! Quem me viu na festa ontem, viu que eu tirava foto com todo mundo. Mas tinha uma hora que ficava todo mundo, 'vamos tirar uma foto aqui', 'vamos tirar uma outra ali'... Eu ficava doidinho. Como é que eu vou olhar para todas as câmeras ao mesmo tempo? Pelo amor de Deus! Todo mundo que me conhece sabe que eu adoro tirar foto e cachorrada, mas o povo gosta de falar da forma que eles querem falar", disse.

"Sobre o final, eu estava muito suado. Se vocês forem perguntar para a Ludmilla. Eu dancei depois e ela foi me dar um abraço. Eu falei: 'Ai, estou suado!'. E ela: 'Para de frescura'. Pro Rico eu falei isso, pra Sarah (Andrade) eu falei isso, pro Bil (Araújo), pra esposa do Caio (Afiune)... Às vezes a pessoa fica incomodada de te dar um abraço porque você está suado. Então, você avisa primeiro. Se a pessoa quiser te abraçar assim mesmo, é escolha dela. Para mim não tem nenhum problema", explicou, horas depois do evento de Carlinhos Maia.

Milionário, Gil do Vigor fala de vida nos EUA

Estudando nos Estados Unidos, na Califórnia desde julho para fazer seu PhD em Economia, o ex-BBB Gil do Vigor virou milionário depois do reality da Globo. Apesar disso, diz que não precisava do dinheiro e sim queria fazer seu PhD. "Nunca fui ganancioso. No BBB, me sentia o homem mais feliz do mundo. Deus me deu muito mais do que eu pedi", assegura à Quem.

Atualmente, Gil consegue mudar a vida da sua família. "Às vezes, nem parece que é real", assusta-se. Ao desembarcar na Terra do Tio Sam, notou uma autoconfiança do estadunidense. "Eles gostam de mandar, impor. Eles são os regojizados com tudo. Quando chega um rapaz estrangeiro, latino, que fala que vai pagar tudo porque quer viver no regojizo, que anda com câmeras pra lá e pra cá...", observa.

O olhar do estrangeiro é justamente esse, em perguntar quem é que está ali. Tudo isso é possível ver no documentário Gil na Califórnia, disponível no Globoplay. "Estou em um país novo, numa realidade nova, com amigos diferentes. Também é possível conhecer um pouco mais da família que tanto falei no Big Brother", conta.



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
TAGS:
Mais Notícias
Outros Famosos