Reportar erro
Dia de Finados

10 mortes de famosos que abalaram o mundo da TV em 2021

Ano teve perdas impactantes e importantes para o universo televisivo

Gilberto Braga, Eva Wilma e Agnaldo Timóteo
Gilberto Braga, Eva Wilma e Agnaldo Timóteo nos deixaram em 2021 - Fotos: Divulgação
Redação NT

Publicado em 02/11/2021 às 05:37:39

Faltam menos de dois meses para 2021 terminar e o ano já coleciona mortes impactantes no mundo da TV. A mais recente delas foi de Gilberto Braga, autor de clássicos da dramaturgia como A Escrava Isaura (1976), Dancin' Days (1978), Vale Tudo (1988) e Celebridade (2003). Aos 75 anos de idade, ele lutava contra o Mal de Alzheimer e teve uma infecção sistêmica, em virtude uma perfuração do esófago e não resistiu às complicações.

Além dele, figuras imortais do nosso imaginário também nos deixaram. Como ainda estamos no meio de uma pandemia, há quem tenha morrido por conta do vírus da Covid-19, como Agnaldo Timóteo e Paulo Gustavo. Ambos tiveram complicações no primeiro semestre, quando a vacinação ainda estava em estágio inicial.

Outros nomes com idade mais avançada também faleceram como Tarcísio Meira, aos 85 anos de idade, e Orland Drummond, o seu Peru da Escolinha do Professor Raimundo, com 101. O primeiro também foi uma das mais de 600 mil vítimas da Covid-19, enquanto o segundo tratava de uma infecção urinária. 

Confira as mortes de famosos que abalaram o mundo da TV:

Genival Lacerda

10 mortes de famosos que abalaram o mundo da TV em 2021

No começo de janeiro, Genival também foi uma das vítimas da Covid-19. Ele lutava contra a doença há cerca de 40 dias quando foi internado em estado grave em Recife. Desde que foi internado, os fãs estavam torcendo pela melhora de Genival. O artista era natural de Campina Grande e morava em Recife há mais de 25 anos. Dentre suas canções mais conhecidas estão Severina Xique-Xique e De Quem é Esse Jegue?. O cantor deixa um legado de mais de 50 discos gravados.

Larry King

10 mortes de famosos que abalaram o mundo da TV em 2021

Ícone dos Estados Unidos, Larry King morreu em janeiro por Covid-19, aos 87 anos. Nascido em Nova Iorque em 1933, ficou conhecido do grande público ao comandar o Larry King Live na CNN entre 1985 a 2010. Ele surpreendeu ao público ao afirmar que estava se aposentado e ganhou várias homenagens dos seus colegas de emissora em uma edição ao vivo da atração que o consagrou.

Agnaldo Timóteo

imagem-texto

No mês de abri, foi a vez de Agnaldo Timóteo, que não resistiu às complicações da Covid-19. Ele lutava contra o vírus há cerca de 20 dias e seu quadro piorou. Nascido em 1936, no município de Caratinga, em Minas Gerais, ficou famoso como cantor compositor antes de se dedicar à vida política. Já consolidado como cantor popular romântico, ingressou na política. Foi duas vezes deputado federal, nas décadas de 1980 e 1990, pelo Rio de Janeiro. Em 1996, renunciou para assumir o mandato de vereador.

Príncipe Philip

imagem-texto

A família real britânica também perdeu um entede querido. O Príncipe Philip, que estava prestes a completar 100 anos, mas se foi "pacificamente" no Castelo de Windsor. Apesar de pensamentos inadequados e às vezes até racistas, mantinha boa popularidade entre os britânicos, principalmente porque era incentivador e ajudava a manter quase 800 organizações.

Paulo Gustavo

10 mortes de famosos que abalaram o mundo da TV em 2021

Humorista consagrado, Paulo Gustavo morreu por Covid-19 no mesmo dia da final do BBB21, em 4 de maio. le tinha 42 anos e estava internado em estado grave no Hospital CopaStar, localizando na zona sul da cidade e lutava contra a doença há quase dois meses. Com 11 anos de carreira, Paulo ganhou projeção no país com o sucesso da personagem Dona Hermínia no filme Minha Mãe é uma Peça (2013). A sequência do longa produzida em 2016 está entre os cinco filmes mais assistindo na história do cinema nacional.

Eva Wilma

10 mortes de famosos que abalaram o mundo da TV em 2021

A atriz de inúmeros papéis marcantes, Eva Wilma nos deixou em maio. Ela estava internada havia um mês para tratar um câncer no ovário, mas devido a um quadro de insuficiência respiratória, nos deixou. Em janeiro, já havia sido internada por conta de uma pneumonia.

Orlando Drummond

imagem-texto

Em julho, Orlando Drummond, o eterno seu Peru, foi quem faleceu aos 101 anos de idade. O veterano deu entrada na unidade de saúde em abril, preocupando amigos e fãs, e passou boa parte do tempo no CTI (Centro de Terapia Intensiva). O quadro de saúde se agravou no início de maio, após ser transferido para o quarto, e não resistiu. Ao longo da carreira, também fez grande sucesso como dublador. Ele é a voz brasileira do Scooby Doo, de Alf: O Eteimoso, do Popeye e do Vingador da Caverna do Dragão, entre outros personagens de animações. Ele deixa dois filhos, cinco neto e três bisnetos.

Tarcísio Meira

imagem-texto

Uma das mortes mais impactantes foi sem dúvida a de Tarcísio Meira. Mesmo vacinado contra a Covid-19, o veterano faleceu em virtude da doença. Ele estava internado no Albert Einstein em São Paulo, onde estava intubado. Tarcísio era casado desde 1962 com Glória Menezes, que também está internada na mesma unidade com o coronavírus, porém apresenta boa recuperação. Um dos casais mais famosos da televisão brasileira começou ali uma trajetória de sucessos.

No passado, foi demitido da Globo, juntamente com Glória menezes, em um processo de reestruturação. Os dois estiveram por 53 anos na emissora. Eles passariam a trabalhar por obra, como virou praxe entre os artistas de uns anos pra cá.

Luís Gustavo

imagem-texto

Aos 87 anos de idade, Luís Gustavo falecia em setembro, vítima de um câncer no intestino. Ele lutava contra a doença desde 2018, o que o motivou a se afastar do trabalho. Pioneiro na TV, Luis Gustavo protagonizou Beto Rockfeller (1968), trama da TV Tupi que revolucionou o gênero no Brasil. Entre os maiores sucessos do artista também está o Sai de Baixo, humorístico exibido na Globo entre 1996 e 2002. Ele foi um dos criadores da sitcom e integrava o elenco na pele de Tio Vavá. A série deu origem a um filme, lançado em 2019, que foi o último trabalho do veterano, já com a saúde debilitada.

Gilberto Braga

imagem-texto

O autor de 75 anos faleceu na última semana e marcou a TV brasileira com mais de 20 produções. O novelista lutava contra o Mal Alzheimer e estava internado no Hospital Copa Star, em Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Braga teve uma infecção sistêmica, ocorrida por causa de uma perfuração de esófago, e não resistiu às complicações.

Atualmente, o autor pode ser contemplado no Canal Viva, por conta da reapresentação de Paraíso Tropical (2007), folhetim que escreveu junto com Ricardo Linhares. A última novela do autor foi Babilônia (2015), infelizmente o maior fracasso de sua carreira, considerada a novela das 9 de menor audiência da Globo.



Acompanhe a TV NaTelinha no YouTube

Resumos de novelas, entrevistas exclusivas, bastidores da televisão, famosos, opiniões, lives e muito mais!

Inscreva-se
Mais Notícias
Outros Famosos