Reportar erro
Causou revolta

DJ Ivis chora em vídeo de desculpas: "Eu sozinho me derrubei"

Gravação do cantor foi feita minutos antes de ele ser preso, na quarta-feira (14)

DJ Ivis chora em vídeo em que pede desculpas à ex-esposa Pamella Holanda por agressões
"Para você, Pamella: eu errei, assumo meu erro", disse DJ Ivis em vídeo antes de ser preso - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 17/07/2021 às 14:10:00,
atualizado em 17/07/2021 às 15:34:00

Um vídeo do DJ Ivis, gravado antes de ele ser preso, foi divulgado neste sábado (17) pelo jornalista Leo Dias, do Metrópoles. No registro, o cantor chora e pede desculpas pelo espancamento de sua ex-esposa, Pamella Holanda. As imagens das agressões físicas foram divulgadas no início da semana, causaram revolta em todo o país e culminaram na prisão do artista.

"Estou errado mesmo. Peço perdão a cada um de vocês. Nada vai mudar o que eu fiz. Tentei ser perfeito e não consegui. Não quero mudar o que eu fiz, mas quero mostrar que também sou humano. Agora eu vejo a coisa mais errada que já fiz na minha vida", afirma DJ Ivis, chorando, em um trecho da gravação.

Ele acrescenta: "Eu estou vendo sozinho, tentando ser forte, mas não existe mais força. Eu estou passando aqui pra dizer pra cada um de vocês, pra você que é mãe, pra você que é filha, pra você que é pai, pra você que é família, pra você, Pamella: eu errei, assumo meu erro".

Mais à frente, acrescenta: "Sou difícil pra chorar, já levei muita pedrada, mas eu sempre tive que ser forte. Muita gente já tentou me derrubar, mas eu sozinho me derrubei e não posso voltar atrás". De acordo com o advogado de Ivis, o vídeo foi feito minutos antes de ele ser preso, na quarta-feira (14).

As cenas das agressões sofridas por Pamella Holanda, na frente da mãe dela e da filha de 9 meses, foram divulgadas pela própria vítima. O episódio ocorreu em dezembro de 2020. Em entrevista ao Encontro com Fátima Bernades, ela afirmou não ter denunciado antes por medo de novas agressões.

DJ Ivis foi transferido na sexta-feira (16) para o presídio Irmã Imelda Lima Pontes, na região metropolitana de Fortaleza. Ele também responde a outro inquérito policial por agressão.

Ex-esposa de DJ Ivis fez boletim de ocorrência no início de julho, mas caso só repercutiu nesta semana

imagem-texto

A ex-esposa de DJ Ivis fez um boletim de ocorrência no dia 3 de julho. No dia seguinte, o Ministério Público chegou a solicitar uma medida protetiva para a mulher e a filha. O músico rebateu e afirmou ter recebido chantagens. A agressão aconteceu, segundo ele, por "medo do comportamento desequilibrado da esposa".

"Não estou aqui para justificar nada. Estou aqui para mostrar que não aguento mais isso. Muitas pessoas vão me julgar, mas eu não suportava mais isso, eu recebi chantagens, ameaça de morte com a minha filha. Ninguém sabe o que é isso que eu passei" rebateu, na ocasião.

Ivis tinha mais de 40 lançamentos programados até o final de 2021, entre participações em faixas de outros artistas e músicas próprias. Todas foram suspensas pela Sony Music, que contratou o artista em abril. Zé Felipe e Latino, que tinham parceria com o DJ, pularam fora rapidamente após o escândalo.



Mais Notícias
Outros Famosos