Reportar erro
Tristeza

Felipe Neto desabafa após criança pedir sua prisão: "Dor"

Youtuber lamentou o episódio

Jair Bolsonaro (à direita) e Felipe Neto (à esquerda) em foto montagem
Criança pediu a prisão de Felipe Neto - Foto: Montagem
Redação NT

Publicado em 10/05/2021 às 16:55:00,
atualizado em 10/05/2021 às 17:00:22

Felipe Neto usou seu perfil do Twitter nesta segunda-feira (10) e desabafou após ver um vídeo de uma criança pedindo a sua “prisão” durante uma manifestação em favor do presidente Jair Bolsonaro. O influenciador é um dos grandes críticos do governante e já revelou que vem sofrendo ataques de grupos bolsonaristas.

"Uma criança, que não tem culpa de nada, grita que quer me ver preso. A turma responde aos berros de felicidade, enquanto o Presidente da República gargalha. Foi nisso que transformaram o nosso país”, disparou o youtuber. Mais cedo, ele já tinha demonstrado chateação sobre o assunto. “Vocês não fazem a mínima ideia da dor que é ler isso. Uma criança”, lamentou.

No último domingo (9), Bolsonaro realizou um passeio de Dia das Mães e se encontrou com apoiadores. Ao final do evento, um dos amigos do presidente, o deputado Hélio Lopes, segurou uma criança no colo e a colocou para falar no microfone. A menina elogiou o governante e pediu a prisão de Felipe.

Bolsonaro x Felipe Neto

Felipe Neto é considerado um dos maiores críticos e opositores de Bolsonaro no meio artístico, inclusive foi acusado por Carlos Bolsonaro por um suposto crime contra a segurança nacional. Desde a vitória do atual presidente, o youtuber tem feito críticas ao chefe do executivo e revelou que recebeu até ameaças de mortes por causa disso.

“Eu quero lembrar que eu tive que tirar minha mãe do país porque ela foi ameaçada de morte que foram realizadas por admiradores deste desgoverno genocida. Quero relembrar algo, que ficou perdido na história, que depois que tirei minha mãe do país por ameaçadas de morte, o senhor Carlos Bolsonaro, ao me responder no Twitter, terminou mandando beijos pra minha mãe”, afirmou Felipe no começo do mês, durante audiência da Comissão de Direitos Humanos do Senado Federal.



Mais Notícias
Outros Famosos