Reportar erro
Luto

Morre Fernando Caetano, jornalista esportivo, aos 50 anos

Com mais de 30 anos de carreira, repórter passou pelos canais Fox Sports e ESPN

O repórter Fernando Caetano em cobertura para a Fox Sports
Há duas semanas, Fernando Caetano fez cateterismo e colocou um stent após sofrer infarto - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 09/05/2021 às 14:15:00,
atualizado em 09/05/2021 às 14:25:47

Morreu na manhã deste domingo (9), aos 50 anos, o jornalista esportivo Fernando Caetano, que trabalhava nos canais Fox Sports e ESPN. Ele havia sofrido um infarto há 15 dias. A informação, confirmada por parentes e amigos, foi divulgada pelo Jornal da Manhã, de Marília, no interior de São Paulo, cidade natal do repórter e onde ele estava internado.

Com 30 anos de carreira como repórter, Fernando Caetano deixou Marília nos anos 1980 para estudar em São Paulo. Formado em jornalismo, iniciou a carreira na década seguinte, na rádio Jovem Pan. Na época, trabalhou em diversas editorias, como economia e polícia. Com o tempo, se encontrou no esporte, segmento a que se dedicou ao longo da trajetória.

Foi contratado pela ESPN e, mais recentemente, foi um dos primeiros contratados para a formação do Fox Sports no Brasil. O vínculo com a emissora chegou ao fim em dezembro, com uma demissão em massa no canal.

O jornalista completou 50 anos no último dia 22 de abril. Cinco dias depois, sofreu um infarto e foi internado em um hospital de Marília. Fez um cateterismo e colocou um stent, tubo inserido na artéria para preservar ou restituir o fluxo sanguíneo. Ele se recuperava bem do procedimento, mas voltou a passar mal na noite de sábado (8).

Gustavo Villani e Paulo Vinícius Coelho prestaram homenagens a Fernando Caetano

Amigos e colegas prestaram homenagens ao jornalista. O narrador Gustavo Villani, seu conterrâneo, escreveu: "Como assim, Fernando Caetano? E nosso Zoom da semana que vem?! Atônito, vou sair por aí correndo, como você fazia em Marília, São Paulo, Rio, Munique, Medellin, Manchester... Por onde estivemos juntos. Fica pra sempre o amigo de sorriso fácil, carinhoso, leal, que sempre vibrou alto por si e por nós. Que sabia de música como poucos. O repórter inquieto".

O comentarista Paulo Vinícius Coelho também se despediu: "Logo de manhã, uma pancada assim. Grande companheiro de viagens nos deixou cedo demais. Notícia terrível. Obrigado por tudo". Confira as publicações:

 

Mais Notícias
Outros Famosos