Reportar erro
Daniela Romo

Vilã de Triunfo do Amor escondeu câncer, cantou para o Papa e quase morreu em cena

Cantora e atriz tem uma vida intensa

Cena de Triunfo do Amor com Bernarda
Daniela Romo, de Triunfo do Amor, tem vida intensa fora das câmeras - Foto: Reprodução
Daniel César

Publicado em 24/01/2021 às 11:01:21

Na novela Triunfo do Amor, Bernarda vem enlouquecendo a vida de Vitória (Victoria Ruffo) e se tornou uma assassina para guardar o segredo sobre a identidade da filha de sua inimiga. E quem acompanha a trama vem aplaudindo o desempenho de Daniela Romo no papel, mas sequer imagina que trata-se de uma cantora mexicana muito bem sucedida, até sendo escolhida para cantar para o Papa, mas com uma vida bastante movimentada, com direito até a ter vencido um câncer, que manteve escondido de todos e de quase morrer em cena.

Romo tem apenas 61 anos de idade, o que significa dizer que, quando deu vida à Bernarda, em 2010, tinha 51. Mesmo assim ela já esteve em dezenas de novelas, tendo estreado em 1978 em Ardiente Secreto. Ela ficou conhecida no Brasil ao fazer Sortilegio em 2009, quando interpretou Vitória Sarmento. Bastante discreta na vida pessoal, ela anunciou ainda na juventude que não teria filhos porque queria se dedicar à carreira artística. "Eu gosto de criança, mas não sinto falta de ser mãe. Me sinto preenchida com minha carreira", afirmou em entrevista a uma revista mexicana no ano de 2004.

Mas chamou a atenção mesmo que, em 2011, depois de ter gravado Triunfo do Amor, Daniela Romo viu seu nome envolvido em uma das maiores fofocas daquele ano no México porque todos afirmavam que ela estava com câncer. A atriz e cantora fez questão de ir à público desmentir a história e garantir que estava muito bem de saúde. "Eu nunca estive melhor", falou quando foi questionada por um programa de TV de seu país.

Mas no ano seguinte, após sete meses de luta, ela voltou atrás e confessou que estava lutando contra a doença. Mesmo sem dar detalhes sobre o tipo de câncer que a acometeu, Romo confessou que não mentiu por mal e muito menos para chamar a imprensa de mentirosa. "Fiz isso para proteger meus fãs, mas principalmente minha mãe", revelou emocionada ao justificar que não queria preocupar a mãe e guardou segredo, inclusive para a família, sobre eu real estado de saúde e por essa razão teve de fazer o desmentido.

O câncer, porém, também chamou a atenção por outro motivo. Durante o tratamento, Daniela Romo teria que raspar os cabelos, como acontece com a maioria das pessoas e, mesmo sem assumir a doença, ela foi convidada a doar os cabelos, oferta que ela recusou terminantemente. Para a atriz, o cabelo representava uma espécie de amuleto do momento ruim que ela estava vivendo e, assim como outros itens, deveria ser queimado para que ela conseguisse a inteira libertação desse momento.

Daniela Romo canta para o Papa

Vilã de Triunfo do Amor escondeu câncer, cantou para o Papa e quase morreu em cena

Nos anos 90 Daniela Romo não fez praticamente nenhuma novela porque se dedicou à carreira de cantora, algo que Thalía também faria logo depois de protagonizar as três Marias na Televisa. Ela já conta com 22 álbuns lançados em toda a carreira e vendeu milhões de cópias em todo o México, se tornando tão importante que em 1999 recebeu um convite que muitas estavam disputando.

A cantora foi a convidada de honra para cantar diante do Papa João Paulo II, que visitava o país latino. Na presença do pontífice, ela entoou a música Juan Pablo Esperanza - Amigo del Alma. E a emoção foi tanta que, quando o chefe da Igreja Católica morreu, Daniela fez questão de soltar uma declaração pública sobre a figura religiosa. "O mais importante do seu pontificado foi quando ele pediu perdão pelos erros que igreja cometeu", afirmou.

Mas para quem pensa que a carreira artística e musical de Daniela Romo é muito distante do brasileiro, diferente das novelas, se engana completamente. A cantora já fez um dueto com uma brasileira e muito conhecida do grande público. Em 1998 ela gravou a canção Mi Amor para o álbum Loca e contou com a participação especial de ninguém menos que Simone.

Daniela Romo quase morre em cena de Triunfo do Amor

Vilã de Triunfo do Amor escondeu câncer, cantou para o Papa e quase morreu em cena

Embora tenha adorado participar de Triunfo do Amor, uma vez que fez diversos elogios ao remake de O Privilégio de Amar (1998), a atriz sofreu poucas e boas nas gravações da novela. E se Bernarda é uma assassina bastante autêntica com mortes para lá de diferentes em seu currículo, quem quase morreu em cena foi a própria Daniela durante uma gravação.

No desfecho da trama, Bernarda acabará presa dentro de um cômodo incendiado e será resgatada por seu filho, o padre João Paulo (Diego Oliveira). Mesmo com toda a segurança montada para a sequência, com o uso de gelo seco, equipe presente, Daniela passou mal quando as labaredas atingiram as paredes do estúdio e quase desmaiou com a fumaça, mas tudo não passou de um susto.

Mais Notícias
Outros Famosos