Reportar erro
Lentidão

Ex-noiva de Ronaldinho Gaúcho não consegue pensão e culpa Justiça

Ronaldinho Gaúcho não é encontrado em sua casa

 Ex-noiva de Ronaldinho Gaúcho não consegue pensão e culpa Justiça
Ronaldinho e Priscila formavam trisal - Reprodução/Instagram

Redação NT

Publicado em 21/01/2021 às 10:24:40,
atualizado em 21/01/2021 às 10:30:35

Lá se vão três meses desde que a Justiça determinou o pagamento de uma pensão mensal de Ronaldinho Gaúcho a ex-noiva, Priscilla Coelho. Tudo porque o craque não é encontrado pelos Oficiais de Justiça, que já o procuraram em sua casa, no Rio de Janeiro. Segundo o jornal Extra desta quinta-feira (21), as próximas etapas seriam citá-lo com hora marcada e depois, por meio de um edital.

Desde o deferimento do processo feito pelo juiz, Ronaldinho tem passado a maior parte do tempo em seu haras em Porto Alegre, capital gaúcha. De acordo com uma fonte do jornal, as festas no local são diárias, mesmo depois da mãe do ex-jogador ter testado positivo para o novo coronavírus (Covid-19).

Procurada pela publicação, Priscilla culpou a Justiça pela demora: "É lenta [a Justiça]. Meu advogado está vendo o que fazer. Ainda não recebi nada. E pelo que gasta, isso é muito pouco para ele", acrescentou.

Ronaldinho Gaúcho e Priscilla Coelho ficaram juntos por seis anos, vivendo ainda uma relação de trisal com Beatriz Souza. O ex-jogador deu uma aliança para cada uma das duas, mas somente Beatriz permanece com ele.

Mãe de Ronaldinho com Covid

No final de dezembro, Ronaldinho informou que adiou o lançamento de seu clipe musical por conta da internação da mãe, Dona Miguelina, com Covid-19. "Queridos amigos, minha mãe está com Covid e estamos na luta para que ela se recupere logo. Ela está no centro de tratamento intensivo, recebendo todos os cuidados. Agradeço desde já as orações, as energias positivas e o carinho de sempre. Força, mãe!", escreveu, por meio dos Stories.

Ronaldinho Gaúcho se mostrou disposto a investir mesmo na música. O ex-jogador de 40 anos abriu um estúdio e um gravadora em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, intitulada de Tropa do Bruxo, numa referência a um dos seus apelidos. Lá, o craque gravou o primeiro rap da carreira. O clipe da música também foi rodado no novo estúdio de Ronaldinho, que recebeu o rapper Djonga, famoso no Brasil e  também no cenário internacional.

Quando estava preso no Paraguai, Ronaldinho enviou até um samba para uma de suas ex-namoradas. Compôs especialmente para ela, segundo a ex, Priscilla Alves Coelho. Segundo ela, o craque teria composto cerca de 11 músicas.

"Sempre foi uma vontade dele, de se aposentar e viver disso", entregou, que formava um trisal. Um dos trechos da música era: 'Cria coragem, vem morar comigo. Larga das coisas que te fazem mal. Estou te esperando lá no meu quintal. Botar meu sobrenome em seu registro. Mudar de CEP, zona eleitoral. Estou te esperando lá no meu quintal", afirmou a moça.



Mais Notícias