Reportar erro
Música

RBD poderá fazer turnê mundial após pandemia

Possibilidade foi levantada em live do empresário Guillermo Rosas com Christopher von Uckermann

Guillermo Rosas e Christopher von Uckermann
Guillermo Rosas e Christopher von Uckermann em live sobre RBD. Foto: Reprodução/Youtube
Redação NT

Publicado em 14/01/2021 às 22:15:49

Uma live do empresário Guillermo Rosas com o cantor Christopher von Uckermann, realizada nessa terça-feira (12), deixou os fãs de RBD cheio de expectativas. Foi colocada no ar a possibilidade de uma turnê mundial em 2022, reunindo todos os quatro integrantes originais do grupo. O sentimento veio após a repercussão de outra live: o show Ser o Parecer, transmitido pela internet em 26 de dezembro de 2020 e que, em fevereiro deste ano, deverá ser lançado em forma de disco nas plataformas virtuais.

“Este show foi uma esperança tanto para os seguidores quanto para nós. Poder estar juntos e esquecer um pouco o que está passando no mundo. Quem sabe se não poderemos, quando for reativado (voltar a normalidade), falar com os demais companheiros e poder fazer apresentações em cada país… não sei, algo como três ou quatro no Brasil, na Espanha. Que bonito seria isso, não?”, sugeriu Christopher.

“Peso que temos que esperar que haja claridade no mundo, que todos estejam tranquilos, que os shows voltem. E eu realmente feliz de poder fazer uns três ou cinco shows em Madrid, São Paulo, Rio, Cidade do México, Los Angeles. Se fosse 2022, Dulce poderia estar conosco e Poncho (Alfonso Herrera), se não quiser cantar, junte-se a nós”, pontuou Guillermo.

Já o álbum oriundo da live Ser o Parecer foi confirmado pelo empresário. “Não contribuam para o streaming ilegal. ‘Ser o Parecer ao Vivo’ estará disponível nas plataformas de streaming a partir de 14 de fevereiro”, destacou Guillermo.

Fenômeno RBD

RBD surgiu em 2004, por consequência da novela mexicana Rebelde, produzida pela Televisa. O produto foi veiculado com grande sucesso em diversos países. No Brasil, o SBT transmitiu a novela entre 2005 e 2006. Em 2006, o grupo esteve presente em diversas capitais brasileiras, como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Fortaleza, Recife, Goiânia e Porto Alegre.

Um dia depois do Natal de 2020, a banda se reuniu - sem Dulce María e Poncho - para a live de reencontro. Gravada em chroma-key, a apresentação teve vários cenários e intervenções de computação gráfica. Os artistas também puderam interagir com o público de mais de 90 países. Com mais de 1h30 de duração em meio a uma maratona de seis horas, o show foi repleto de mensagens motivacionais.

Mais Notícias
Outros Famosos