Reportar erro
Polêmica

Amigo de Raul Gazolla fez plano com explosão para se vingar do assassino de Daniella Perez

Ator contou detalhes em entrevista

Raul Gazolla e Daniela Perez
Raul Gazolla e Daniela Perez - Foto: Montagem/Reprodução
Redação NT

Publicado em 08/01/2021 às 17:05:13

Raul Gazolla revelou que um amigo chegou a criar um plano para se vingar do assassino de Daniella Perez em 1992, Guilherme de Pádua. A declaração do então marido da atriz, filha da autora Glória Perez, foi dada durante entrevista ao canal Rap77 no YouTube.

30 anos após o crime que abalou o Brasil, o galã resolveu trazer à tona um fato novo, onde um amigo teria revelado uma ideia para explodir a delegacia onde Guilherme estava detido. "Eu tinha um amigo que era contraventor. Quando ele soube do caso, ele não foi me visitar, não foi no enterro, não foi em nada. Quando passou o enterro, ele mandou me chamar na casa dele, eu fui na casa dele, e ele falou assim: 'Gazolla, tô mandando descer todas as pessoas que eu conheço ali, não sei o que, e a gente vai explodir a 16ª, que tava o assassino lá, e vai matar o cara, porque ninguém faz isso com mulher, nem de amigo nosso'. E eu fiquei umas duas horas convencendo ele que não deveria fazer isso", começou.

Em outro momento, o ator explicou o motivo de não ter permitido que ele seguisse com o plano. "Eu falei assim: 'Essa história tá muito mal contada, tem mais coisa aí. Entendeu? Esse rapaz precisa viver pra ele contar a verdade'. E aí o cara, depois de duas horas falou: 'Tá bom, ok, tem razão, vamos deixar correr com a Justiça'. Aí eu falei: 'Além do mais, se quando você explode a 16ª pra matar alguém, você vai matar inocentes, cara!'. Eu não posso dormir com esse barulho na minha cabeça", disse.

Continuando o assunto, Gazolla também afirmou que esse não era o desejo da autora da Globo, que queria que Guilherme de Pádua pagasse por tudo, só que na prisão. "E a Glória também, que é uma grande amiga que eu tenho, ela nunca foi a favor de mandar eliminar o cara, muito pelo contrário. Ela acha que ele tem que ficar preso para pagar pelos pecados", esclareceu.

Para concluir, ele ainda opinou sobre os responsáveis pelo crime. "Ele nunca veio a público, em todas as vezes que ele veio a público, foi ao contrário. Ele sempre se manteve de nariz em pé e diz: 'Aconteceu o que tinha que acontecer'. Ele nunca falou assim: 'Que merd* que eu fiz'. Nem ele e nem a mulher. Então, isso, eu fico pensando assim: 'Cara... eu rezo todos os dias pra que a gente não se encontre", contou.

Daniella foi morta em dezembro de 1992 por Guilherme de Pádua, que era seu colega de elenco na novela De Corpo e Alma, junto com a mulher dele, Paula Thomaz. Os dois já se encontram soltos. O ex-ator, inclusive, tem se dedicado a um canal no YouTube, se converteu e prega na igreja como pastor.

Raul Gazolla infartou após morte de Daniella Perez

Em vídeo no Instagram, Gazolla revelou aos seguidores que sofreu um infarto por causa do estresse causado pela morte de Danilla Perez. Nas imagens, ele lamentou tudo o que aconteceu.

"Perdi a minha mulher assassinada, tinha 36 anos, ela tinha 22. E isso causa um estresse enorme. Perdi um sobrinho com 32 anos, e isso pra mim também foi muito forte", desabafou.



Mais Notícias
Outros Famosos