Reportar erro
Bem-humorada

Mariana Gross por trás das câmeras da Globo: Flamengo, casamento e meme

Jornalista também adora se divertir pelas redes sociais

Mariana Gross com a camisa do Flamengo e com seu filho Antonio
Mariana Gross é flamenguista e mãe do Antonio - Foto: Reprodução/Instagram
Redação NT

Publicado em 07/01/2021 às 06:58:00

Mariana Gross, 41 anos, está substituindo Ana Paula Araújo no Bom Dia Brasil desde segunda-feira (4), mas seu prestígio com o público ocorre há um bom tempo, já que ela é a âncora do RJ1. Bem-humorada, a apresentadora adora conversar com os fãs pelas redes sociais e divide seu dia-a-dia pelas suas contas do Twitter e Instagram. Mãe dedicada e esposa apaixonada, a jornalista também adora um jogo de futebol, não esconde seu amor pelo Flamengo e, principalmente, pelo Rio de Janeiro.

A jornalista nasceu e cresceu na Zona Sul do Rio de Janeiro, mas seu mundo se abriu quando soube da história de quatro pessoas que foram assassinadas. Algo completamente distante da sua realidade, conforme contou ao jornal Extra em 2015.

"Tem que se adaptar. Saí da frescura e segui em frente. É importante conhecer o lugar que você vai reportar. O jornalismo abriu os meus olhos para o Rio", contou. Ela admite que a partir daí, passou a viver a cidade carioca de outra maneira.

Apresentadora da apuração do carnaval carioca, Mariana aprendeu a gostar ainda mais do Rio de Janeiro. Tanto que ela mudou de casa, mas não de município. Inclusive, essa mudança de casa tem sido um grande divertimento dela com seus seguidores do Twitter.

"Cadê você no RJ1? Tá na mudança?", indagou um fã. "Mudança", respondeu Mariana. Teve quem pedisse para que ela não fosse para a Record. "Hei! Não! Estou mudando de endereço mesmo. Não de trabalho!", explicou com bom humor.

Mariana e seu amor maior: o filho

Mariano é apaixonada pelo Flamengo, mas deixa claro que seu maior amor é o filho Antonio, de cinco anos. A jornalista adora publicar fotos do menino em seu perfil do Instagram realizando exercícios físicos, divertindo-se em meio a natureza e recebendo presentes na cozinha.

“Olha que lindeza que ganhei de meninas Super Carinhosas, Generosas, Maravilhosas e Poderosas! Deus do céu, gente! Não precisava! Já o Antonio, acha que precisava sim... Rsrsrsrs. Beijos carinhosos, um Natal com muita saúde e obrigada pelas homenagens”, afirmou recentemente.

Em novembro, ela postou um TBT do aniversário de Antonio vestido de Homem de Ferro. Gross também publicou uma foto do menino quando tinha apenas três meses. “E o Facebook me alerta que a foto faz 5 anos hoje. E? bom demais recordar! E agora, me pergunto: Existe algum bebe? mais lindo e mais marrento que esse?”, divertiu-se.

E, como já dito, Mariana é apaixonada pelo Rio e confessou que gostaria que seu filho vivesse na cidade com muito prazer. "Quero criar um carioquinha que tenha compromisso com a cidade dele e com as pessoas com quem vai conviver. Planejo transformar Antonio num garoto legal, bom filho e amigo", disse ao jornal Extra em 2015.

Mariana e seu marido

No dia 9 de novembro de 2013, Mariana Gross se casou com o empresário do mercado financeiro Guilherme Schiller. A festa aconteceu em sua casa, na Gávea, com decoração de Maluh Pinheiro, sua mãe. Ela usou joias da sua avó, Céu Pinheiro, que na época tinha 90 anos.

Sete anos depois, eles seguem juntos e felizes. Inclusive, em novembro, ela publicou uma foto para comemorar a data. “E dizem que 7 é número difícil para casamento. Na pandemia então... Que nada! Estamos aí, firmes e fortes! Vamos que vamos, amor! Só alegria! Beijos”, afirmou.

Por conta da pandemia do novo coronavírus, Mariana optou por passar o Réveillon apenas com o marido e o filho. Ela não deixou de se derreter por ambos. “Minha aglomeração de Réveillon. Feliz Ano Novo! Chega mais 2021! Saúde!”, comemorou.

Na última segunda-feira (4), Mariana comemorou o aniversário do marido. Ela postou uma foto do empresário com Antonio e escreveu uma legenda carinhosa. “Parabéns para esse paizão! Sempre juntos! Saúde! Eu e Antonio te amamos”, legendou.

Paixão pelo Flamengo

Em 2019, ela viajou para Lima, no Peru, para acompanhar a final da Taça Libertadores da América entre River Plate e Flamengo. Um vídeo flagrou a comunicadora no meio da torcida do Flamengo cantando um hit que provocava os vascaínos e fazia apologia a violência.

“Desde pequena sou torcedora do Flamengo e, neste momento tão alegre e feliz para o futebol brasileiro, me deixei levar pela empolgação dos torcedores. Quem conhece o meu trabalho sabe do meu respeito e carinho pelo Rio e por todos os cariocas. Minha intenção foi apenas celebrar com torcedores do Flamengo nessa hora de festa e descontração. De modo algum quis incentivar qualquer ato de violência contra quem quer seja, nem ofender qualquer torcida. Reconheço que errei, e muito, ao repetir um refrão que devia repudiar. Nenhuma alegria é justificativa para repetir uma canção como aquela. Peço desculpas pela impressão causada especialmente à torcida vascaína”, reconheceu a jornalista em comunicado enviado ao UOL.

No dia 23 de novembro do ano passado, Gross postou uma foto com a camisa do Flamengo na arquibancada do estádio que ocorreu a final da Libertadores em que o clube carioca foi vencedor. “Há 1 ano”, escreveu. “Já era seu fã, depois que descobri que é Flamengo, mais ainda. Dia histórico”, comentou um seguidor.

Mariana Gross e as brincadeiras

Mariana Gross ganhou o carinho do público carioca por ser bem-humorada ao vivo, nas coberturas de carnaval e, principalmente, pelas redes sociais. Na última terça-feira (5), uma seguidora afirmou que a jornalista tinha duas pintas no tornozelo. “Tenho não. São duas mordidas de Mosquito que viraram machucados”, brincou.

Teve também quem a questionasse sobre a vacina. “Queremos vacinação, mas queremos segurança. Você já leu a bula na parte de efeito colateral? Acho que não. Sem mais...”, comentou um internauta. “Você já leu a bula de qualquer medicamento que já tomou no capítulo ‘efeito colateral’? Eu já. Leio sempre e tomei do mesmo jeito”, rebateu a apresentadora.

Nem Guga Chacra escapou da espontaneidade de Gross. O jornalista disse que a filha que era flamenguista “Essa menina é um fenômeno! Quanta inteligência e sensibilidade!!! Já sabe o quão importante é a escolha do time certo para ser feliz na vida. Gênia!”, respondeu Mariana.

Mariana Gross, seu trabalho e amigos

Mariana Gross está no RJ1 desde 2013 e rapidamente conquistou o público. Seu primeiro desafio profissional aconteceu em 2000, quando cobriu o sequestro do ônibus 174. Passou a girar por diversos telejornais com reportagens no Rio de Janeiro.

No mesmo ano que assumiu o RJ1, apresentou a transmissão dos desfiles das escolas de samba da Série A do Rio (Grupo de Acesso), além de ser repórter do Grupo Especial. Em 2019, em comemoração aos 50 anos do Jornal Nacional, ela comandou a bancada da atração representando o estado carioca.

Pelas redes sociais, a jornalista adora postar imagens dos bastidores da Globo e também ao lado dos seus amigos. Um dos globais que mais faz comentários nas postagens dela é Alex Escobar. Fora do trabalho, quem é um amigo especial dela é Zeca Pagodinho.

Mais Notícias
Outros Famosos