Reportar erro
Deu o que falar

Bela Gil relembra críticas ao mostrar lancheira da filha: "Foi um escândalo"

A apresentadora também explicou como é a alimentação dos filhos em casa

Bela Gil e os filhos
Bela Gil falou sobre a criação dos filhos quanto a alimentação - Foto: Montagem/Reprodução
Redação NT

Publicado em 04/09/2020 às 15:40:36

Bela Gil, famosa por conta da sua alimentação saudável, falou sobre os hábitos alimentares da família, revelando não ter carne em casa e relembrando o episódio que gerou polêmica em 2015, quando mostrou a lancheira da filha Flor, hoje com 11 anos.

"Eu fui muito criticada. Todos os tipos de crítica que você possa imaginar. Desde (as pessoas dizendo) 'granola caseira, batata doce, banana da terra e uma garrafinha de água... Essa criança vai ser revoltada! Vai te odiar! Deixa a criança ser feliz e tomar achocolatado, comer não sei o quê'. Foi um escândalo. Mas (penso): 'Leva biscoitinho de arroz, castanhas, cereais, um potinho de granola, chips...'. Às vezes eu faço", falou ela, durante entrevista ao podcast Calcinha Larga.

Bela também contou que a primeira vez que o filho de 4 anos, Nino, comeu um brigadeiro foi "um evento", durante ao aniversário do avô, Gilberto Gil, em junho.

"Minha tia pegou um brigadeiro, colocou na mão dele e disse: 'Nino, se diverte!'. Eu filmei! Foi um evento. As pessoas perguntavam: 'Nino, está gostoso? Está bom?'. (Ele dizia): 'Está muito bom!' (risos). Ele fala que o brigadeiro está muito bom, mas acabou de comer um pote de salada que eu fiz. Ele também fala que está muito bom", contou ela.

Educação alimentar em casa

Apesar da rigidez, Bela Gil contou que fora de casa os filhos podem se alimentar de uma maneira mais desregular. "Sou rígida na questão da comida de verdade, caseira, de panela. Acho que isso é que deve alimentar os nossos filhos. Eles comem bem, não trocam refeição por lanchinho, aprendem a comer de tudo, mas obviamente cada um com a sua liberdade", disse.

"Flor, por exemplo, foi criada até os 3 anos supervegetariana. Até um dia ela devorar uma costelinha de porco na mesa de almoço de família. A gente ainda morava em Nova York, mas estava no Rio. E eu falei: 'Essa criança devorando uma costelinha quase chupando o osso não dá para ser vegetariana. Então, 'bora lá'...". Existe essa liberdade de eles terem um pouco mais de autonomia em relação à alimentação", completou.

Mais Notícias
Outros Famosos