Brilhou na série

Atuação da semana: Apagado na novela, Marcos Palmeira brilha em "A Divisão"

Ator construiu um personagem complexo e com vários nuances

Atuação da semana: Apagado na novela, Marcos Palmeira brilha em
Marcos Palmeira ao lado de Dalton Vigh na série "A Divisão", exclusiva do Globoplay

Publicado em 28/07/2019 às 08:10:20

Por: Daniel César

É bem verdade que Marcos Palmeira virou um figurante de luxo em "A Dona do Pedaço". Com a mudança de fase da novela, seu personagem Amadeu acabou perdendo espaço para outros nomes do elenco masculino, como Reynaldo Gianecchini e Sérgio Guizé. Mas a falta de oportunidades na novela das nove não se repetiu na série original Globoplay "A Divisão" em que ele vive uma espécie de vilão dúbio e cheio de nuances.

A produção de seis episódios de quarenta minutos foi lançado na sexta-feira (19), ou seja, na semana passada, mas boa parte das pessoas somente conseguiu assistir nesta semana e, tornou-se indubitável a capacidade que Palmeira tem em criar tipos sutis e carismáticos fora do ambiente do melodrama ou folhetim.

Na produção, ele dá vida ao delegado Benício, um homem de confiança dos políticos e do Secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, mas que se utiliza do medo das pessoas para investir em sua empresa de segurança privada, ao menos é isso que ele demonstra (e aqui não colocaremos o spoiler mais importante, a fim de evitar que quem não assistiu à série, perca a surpresa).

Enquanto os heróis de "A Divisão" são Mendonça (Silvio Guindane) e Santiago (Erom Cordeiro), dois policiais que se juntam para acabar com a onda de sequestros que o Rio de Janeiro vive em meados dos anos 90, Benício faz mais o tipo vilão. Mas a expressão é utilizada aqui por não caber outro termo, já que foge muito do tom binário de bom ou mau que estamos acostumados em telenovelas.

Para construir o personagem, Marcos Palmeira aposta em seu sorriso carismático de galã a fim de conquistar não apenas os políticos poderosos, mas a audiência. Seu tom de voz que jamais se excede em qualquer situação e sua expressão serena oferecem ao telespectador a oportunidade de vê-lo quase como um psicopata. Quem acompanha os olhos do personagem, o nota quase que o tempo todo em algum pensamento soturno.

Não é a primeira vez que Marcos Palmeira brilha ao trabalhar numa série. Foi numa produção deste estilo que ele acabou indicado ao Emmy Internacional como melhor ator. Com "Mandrake", pela HBO, o ator ficou entre as principais interpretações masculinas da TV mundial. E agora, com "A Divisão" ele garantiu a atuação da semana.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!