Enfoque NT

Com diversidade, elenco aquém e censura, De Férias com o Ex termina sem brilho

De Férias com o Ex vai ter que ter chacoalhão quiser continuar existindo

Com diversidade, elenco aquém e censura, De Férias com o Ex termina sem brilho
Sexta temporada do De Férias com o Ex terminou nesta quinta - DivulgaçãoMTV

Publicado em 07/08/2020 às 05:07:00

Por: Thiago Forato

Depois de 12 episódios, a MTV exibiu o final do De Férias com o Ex na noite dessa quinta-feira (6), e agora tem motivos para se preocupar. Apesar do burburinho acerca da diversidade com participantes assumidamente homossexuais pela primeira vez na história, o reality termina sem grande brilho.

Duas dinâmicas inéditas, a Cabine dos Segredos e a Sala da Verdade, prometiam funcionar para que os participantes pudessem tirar suas discussões a limpo. Embora isso tenha funcionado em algumas ocasiões, como quando Victor Padula questionou Flavia Caroline se havia transado com alguém e isso ter desencadeado uma imensa confusão, as práticas se mostraram pouco funcionais.

Antes do programa estrear, o Vice-Presidente Sênior da MTV, Tiago Worcman, ventilou a possibilidade de ser produzida uma versão apenas com gays. "Vai ser babado", disse na ocasião à imprensa. A diversidade por si só não basta, se não houver bons personagens e arcos narrativos convincentes, o De Férias com o Ex se torna desinteressante.

Ao longo dos últimos episódios, quem mais prometia simplesmente sumiu, como Mayara Cardoso e Mina Winkel, por exemplo. A primeira, então, pouquíssimo apareceu.

A quantidade enorme de participantes desta vez, não suportou às edições. Eram muitos. E a MTV não conseguiu encontrar histórias chamativas que seduzissem o espectador - ou simplesmente elas não existiram.

Diante de tantos cortes denunciados pelos participantes, fica difícil julgar com precisão quem ali foi planta. Ou não. Com apenas 12 episódios de cerca de 40 minutos de arte e quase 25 dias de confinamento, é complicado ponderar.

A entrada de Regina Adamovich, mãe de Igor, foi uma grande sacada. Mas a falta de uma explicação fez com que isso fosse esquecido. Afinal, ela já não apareceu nos seguintes episódios. Quanto tempo ficou? Como foi embora exatamente? 

Tretas pouco convincentes

A única briga realmente "à vera" ali foi a primeira entre Victor Padula e Flavia Caroline. Percebe-se pela história de ambos.

No restante, não que as brigas pareçam inverossímil, mas fica a sensação que a MTV cortou parte importante das razões delas. E o espectador ficou a ver navios.

Assim como outros realities, o De Férias com o Ex já está manjado, mas nada impede uma volta por cima. O BBB20 está aí para provar isso depois de um ano catastrófico em 2019.

Os participantes, sabendo o que rendem na edição e visando uma fama pós-reality e até caçando uma vaguinha em A Fazenda, tentam seguir a cartilha, mas não convencem.

Cabe a MTV dar um chacoalhão no programa. Que venha a próxima temporada.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!