Enfoque NT

Aos trancos e barrancos, formato que Silvio Santos criou completa quatro anos

O resistente Triturando vive turbulência no SBT, mas se mantém na grade

Aos trancos e barrancos, formato que Silvio Santos criou completa quatro anos
Triturando se mantém resistente na programação - Divulgação/SBT

Publicado em 01/08/2020 às 11:05:32

Por: Thiago Forato

O Fofocalizando, que agora é Triturando, já foi Fofocando e até Notícias Impressionantes, completa quatro anos neste sábado (1º). É verdade que houve algumas mudanças ao longo desses últimos tempos, e não foram poucas, mas o formato que Silvio Santos briga para que o público compre segue no ar.

Não me lembro de outra criação de Silvio que fosse tão duradoura. Volta e meia, o dono do SBT encasquetava com algum programa e tentava fazer o público engolir outros, mas fazê-los perdurar na grade de programação por tanto tempo, é um feito.

Também é verdade que o formato é desinteressante como Triturando, mas ninguém pode dizer que Silvio não tenta. De um jeito meio torto, daquele jeito dele, mas vem esgotando até as últimas gotas para ver sua criação decolar.

A culpa de seu fracasso nos números do Ibope é sua culpa. Ele que fez questão de cuidar de tudo pessoalmente, desde a formatação até a contratação da equipe, feito a toque de caixa na ocasião.

Altos e baixos

O melhor momento do Triturando foi como Fofocalizando, em 2017. Na realidade, tudo está muito diferente daquilo que já foi um dia.

Até política era pauta para tentar emplacar. O elenco, outrora mais afiado com Leão Lobo, Mamma Bruschetta, Lívia Andrade, Décio Piccinini, Leo Dias e até Mara Maravilha, já se desfez. Com exceção de Leo, todos os demais seguem no SBT, mas estão afastados do vídeo, seja por fazer parte do grupo de risco do coronavírus, seja por uma suspensão que persiste ou falta de projeto.

A audiência, que costumava girar entre 5 e 7 pontos há três anos, também desabou com as consecutivas mudanças que Silvio Santos promoveu.

O Triturando, como estamos cansados de ver nos últimos meses, virou o principal brinquedo do dono do SBT. É seu curinga, mas sem o mesmo sucesso de Chaves.

Chris Flores, Flor, Gabriel Cartolano e Ana Paula Renault, o elenco atual do programa, se transformaram em suas mais novas cobaias em plena pandemia. O ócio e a impossibilidade de frequentar os estúdios da Anhanguera fez deles vítimas.

Quando estreou, muitos diziam que o então Fofocando não duraria seis meses. E até me incluo nisso. Em dado momento, fez barulho, deu liga. Agora, rasteja na grade de programação do SBT com uma rejeição enorme do público com um conteúdo completamente nonsense.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!