Sandro Nascimento
Reportar erro
Coluna do Sandro

CNN Brasil enfrenta bastidores conturbados com jornalistas em saia justa

Nova CEO vem realizando as primeiras mudanças na gestão do canal

Logo da CNN Brasil dentro da sede do canal em São Paulo
CNN Brasil tem nova CEO desde o dia 17 de maio - Foto: Divulgação/CNN Brasil
Sandro Nascimento

Publicado em 04/06/2021 às 04:00:00,
atualizado em 04/06/2021 às 11:09:51

Desde que Renata Afonso assumiu o cargo de CEO da CNN Brasil substituindo o jornalista Douglas Tavolaro, em 17 de maio, a executiva vem imprimindo sua personalidade no comando do canal de notícias. Ela optou pelo método de gestão compartilhada e a decisão virou alvo de críticas nos bastidores, criando, em partes, constrangimento na equipe. Antes da CNN, Renata foi por 14 anos a executiva da TV TEM, afiliada da Globo no interior de São Paulo.

O NaTelinha apurou que a atual CEO da CNN Brasil definiu que de forma periódica irá reunir núcleos de cada programa, como apresentadores, produtores e editores, para ouvir críticas, sugestões e traçar futuras estratégias. A primeira rodada de reuniões já aconteceu nos últimos dias.

Porém, esses encontros em sala fechada vêm deixando em saia justa a equipe do canal de notícias. Participam também o vice-presidente de Conteúdo da CNN, Américo Martins, e Leandro Cipoloni, Vice-presidente de Jornalismo. Nomes de grande experiência e currículo no mercado, mas a reclamação é como os colaboradores serão capazes de apontar erros de  gestão na presença do chefe e não ter o temor de criar uma indisposição que possa atrapalhar o bom relacionamento profissional.

Ouvidos pela reportagem, alguns profissionais alertam que a nova dinâmica da gestão implantada por Renata Afonso na CNN Brasil pode fomentar intrigas nos bastidores e já serviu para deixar os funcionários constrangidos.

Outra mudança de gestão nos primeiros dias da nova CEO foi solicitar a retirada da medição em realtime do Ibope de sua sala. Ela delegou para seus diretores o monitoramento de audiência do canal do empresário Rubens Menin. Fato que vem chamando a atenção.

Ainda na nova gestão de Renata Afonso foi criada na CNN Brasil uma diretoria de marketing que passou a ser responsável pelo setor de comunicação, antes era uma área independente.

Nova CEO da CNN Brasil vai apostar em notícias de entretenimento

Em entrevista ao jornalista Maurício Stycer, do UOL, Renata Afonso revelou que pretende canalizar investimentos em programas de entretenimento no fim de semana e não em hardnews. O site apurou que internamente as declarações serviram para acalorar críticas e incentivar o desânimo na CNN Brasil. 

“Acho que o potencial da marca CNN é muito maior do que está sendo explorado hoje. E uma das coisas óbvias para mim é que temos um espaço de tempo ainda inexplorado no canal. Temos um fim de semana ainda muito tímido na CNN. Quero reforçar com soft news. Vamos ter três contratações para esta grade de soft news do final de semana”, explicou a nova CEO do canal.

E completou: “CNN tem condições de ser uma marca onde você liga e já sabe o que esperar dela. As pessoas já têm isso e a gente vai reforçar mais. Pensando nos programas informativos, mas de entretenimento, você tem pouca coisa que atenda a esse público. Você tem uma visão muito maior e mais abrangente, mas por sua vez o tipo de conteúdo que você entrega não necessariamente o público da CNN é o target (alvo). Vamos ter programas de entrevista, de comportamento, vai ser um pot-pourri grande”.

A dúvida que fica: O canal de notícias quer concorrer com o  SBT no fim de semana ou ser uma extensão do TV Fama?

 

Mais Notícias