Sandro Nascimento
Reportar erro
Coluna do Sandro

Sandra Annenberg se tornou a maior injustiçada da TV em 2019

Apresentadora perdeu dois programas na Globo no último ano

Sandra Annenberg no Globo Repórter
Reprodução/Globo
Sandro Nascimento

Publicado em 03/01/2020 às 04:29:38

A Globo promoveu diversas alterações em sua grade e em seu casting longo do último ano. Extinguiu o Vídeo Show, Tá Brincando, Como Será, cancelou a reprise de Êta Mundo Bom no Vale a Pena Ver de Novo, estreou Fernanda Gentil à frente de um programa no entretenimento, dispensou galãs e promoveu Maju Coutinho como âncora do Jornal Hoje. Porém, dentre todas as decisões tomadas na programação em 2019, a maior injustiçada acabou se tornando Sandra Annenberg.

Aqui não cabe discutir os motivos que levaram a Globo a acabar com programas ou demitir esse ou aquele artista. Como empresa é natural que faça ajustes baseada em pesquisas visando lucro e audiência, mas ao deslocar Annenberg para leitura de teleprompter no Globo Repórter, agiu de forma deselegante diante da importância e trajetória da jornalista.

Filha de um engenheiro e uma produtora da TV Tupi, Sandra entrou 2019 como vencedora dos Melhores do Ano, âncora do segundo telejornal mais importante da Globo e apresentadora do semanal Como Será. Como um castigo, sem motivo aparente, deixa o ano resumindo seu trabalho na televisão lendo cabeças sobre viagens e vida animal. Infelizmente, um talento sendo subutilizado.

"Não penso em sair do jornalismo", disse Sandra Annenberg

Sandra Annenberg se tornou a maior injustiçada da TV em 2019

"Não penso em sair do jornalismo. Do jeito que está hoje está bom. Eu amo o ‘Jornal Hoje’. Quando tempo permaneço? Não sei. Enquanto eu sentir esse frio na barriga minutos antes de entrar no ar, estou aqui. Ou enquanto a Globo quiser uma apresentadora de cabelos brancos no ar", contou Sandra Annenberg ao UOL, em março de 2018. Quase dois anos após essa entrevista, questionamos: quais dos motivos resultaram sua saída do Jornal Hoje?

Seja por renovação ou circunstâncias, diante de tantas mudanças, como a saída da bancada de Evaristo Costa e o conturbado pedido de demissão de Dony de Nuccio, Sandra Annenberg foi a maior prejudicada na TV em 2019. Após 28 anos no jornalismo da Globo, 16 somente no Jornal Hoje, ela ainda pode muito mais do que sua atual função na emissora.