Reportar erro
Colunas

De machismo a momentos hilários: De Férias com o Ex Brasil é reality completo

Eu Paguei pra Ver analisa os programas da TV por assinatura

deferiascomoex-brasil-mtv (1).jpg
Fotos: Reprodução
Redação NT

Publicado em 29/10/2016 às 09:47:08

Desde o início deste mês, a MTV Brasil exibe mais uma versão brasileira de um programa gringo que faz sucesso em sua grade já de algum tempo: o "De Férias com o Ex".

Para quem não conhece, a atração é britânica e começou a ser produzida em 2014, virando o grande fenômeno mundial do momento em todas as filiais da MTV pelo mundo.

O formato é simples, mas tem uma ideia bem sacada: oito solteiros desfrutando o verão juntos em um paraíso à procura de amor. Só que seus exs chegam para agitar as coisas, por vingança ou para reacender o amor.

Na versão brasileira você não vai encontrar uma coisa: gente comum. Apenas corpos sarados e estereótipos de beleza que todos nós já conhecemos - e cansamos de dizer que não reflete de verdade o povo. Mas aqui relevo: isso é uma herança da versão original.

Nos dois primeiros episódios, aconteceu muita coisa: os dez participantes principais foram apresentados, teve a primeira festa, teve beijos, já teve sexo, já teve gente dizendo que um cara perdeu "o melhor sexo da vida", e dois ex - um masculino e outro feminino - entrando e colocando fogo na casa.

Os homens, é bom dizer, são tão machistas que até assusta. Consideram mulheres apenas como um pedaço de carne, querem impor uma moral que, num programa desses, não deveria existir. É uma festança coletiva. Ninguém deveria controlar ninguém.

Mas acho que é um dos poucos defeitos dele - por mais grave que seja. O reality é muito bem editado, e o locutor da atração - que não é bem apresentador, só aparece em off quando precisa, e em entradas bem curtas - faz intervenções certeiras e engraçadas, com o jeito "reação do público".

A produção impressiona. Bem feito, bem fotografado e sem frescura. Palavras mais fortes como palavrões - e outros adjetivos impublicáveis - não são cortados com o famoso "piiii". O "tablet do terror", que é uma herança do original, é certeiro também quando quer criar intriga e problema.

É bem verdade: o reality não tem cara de real, com a impressão de que algum tipo de armação acontece. Mas é só uma impressão, o que não quer dizer que a atração não seja boa.

Até o momento, para quem gosta de um bom reality show de confinamento, o "De Férias com o Ex" é bem completo. A MTV adaptou bem o formato, até porque não teria erro com o programa tão redondo como é.

Se o "Catfish Brasil" decepcionou, o "De Férias com o Ex Brasil" é um belo acerto.
 

Gabriel Vaquer escreve sobre mídia e televisão há vários anos. No NaTelinha, é responsável por reportagens variadas e especiais. Ainda assina as colunas "Antenado", sobre TV aberta, e "Eu Paguei pra Ver", sobre TV por assinatura. Converse com ele. E-mail: gabriel@natelinha.com.br / Twitter: @bielvaquer

Mais Notícias