Reportar
erro
Novo alvo

BBB 22: Gustavo propõe aliança com Eli para “derrubar” rival

Eslovênia e Lucas estão na mira do paranaense


Gustavo deitado em um sofá laranja sem camisa na área externa da casa
Gustavo pretende se aliar a Eli nesta semana - Foto: Reprodução/Globoplay
Por Patrícia Marques

Publicado em 25/03/2022 às 21:40:53,
atualizado em 28/03/2022 às 22:48:48

Na área externa do BBB 22 na noite desta sexta-feira (25), Eliezer, Gustavo e Pedro Scooby conversaram sobre os rumos do jogo nesta reta final do programa. Até o momento, apenas Eslovênia e Lucas não enfrentaram a votação popular. Inclusive, a pernambucana nunca nem passou pela emoção de se disputar uma prova Bate e Volta.

Em bate-papo sobre a configuração do paredão, Eli aposta na indicação direta de Arthur Aguiar pela líder Linn da Quebrada e na divisão de votos entre outros participantes do reality. Para Gustavo, ainda pode ocorrer um contragolpe da casa, aposta que ele acertou sem saber o cronograma da semana.

“Meu foco é o casal Disney [Eslô e Lucas]”, disparou o paranaense.  “É... eu acho só porque eles nunca foram, né?”, comentou Scooby. “Eu tenho bons motivos para puxar o Lucas, né? Vários”, destacou Eli.

Na ocasião, Gustavo propôs uma aliança com o design apenas nesta semana para tentar colocar o barão da piscadinha no paredão. “Aí, ó! A gente pode ser aliado essa semana. Já pensou nisso?”, questionou. “Inclusive, por exemplo, se eu fosse pela casa, se eu tivesse um contragolpe, seria nele”, admitiu o design.

“O meu contragolpe seria a Eslô porque seria mais difícil ela ser votada pela casa”, confessou Gustavo. “Apesar que eu acho que na configuração que tá, não é mais”, apostou Eli para tentar “defender” a amiga. “Mas, olha, no Lucas, eu votaria nele, você votaria nele, Scooby votaria nele, DG [Douglas Silva] votaria nele, PA também votaria nele. Na Eslô, vocês dois [Eli e Scooby] já não votariam nela, na Eslô seria só eu, Jessi, Natália e DG”, contabilizou o bacharel em direito.

“Teria que ser o contragolpe do indicado do líder”, sugeriu o surfista que ainda acrescentou: “Eu acho que é meritocracia. Tipo, eu acho que todo mundo tá aqui, todo mundo foi para o paredão, todo mundo viveu essa experiência, entra no TOP 10, eu acho que é justo”.

“Querendo ou não, a Eslô nem Bate e Volta fez galera. Ela está há 70 dias na casa e não foi nem para o Bate e Volta. Pô, eu não acho isso justo nem com os participantes da casa e nem com o público. Sendo que se ela tivesse batido no paredão na segunda semana ela saía, tá? Que a moralzinha dela lá fora estava bem abalada. Então tem que dar uma chance para o público”, lembrou o paranaense.

“É isso que é a parada [...] É importante o jogo aqui dentro da casa? É... Mas o peso maior é o do público. Eu acho que é justo todo mundo ir [para o paredão] para o público escolher quem eles querem ver aqui dentro”, opinou Scooby.  

BBB 22: Mais votado da casa terá direito a contragolpe

BBB 22: Gustavo propõe aliança com Eli para “derrubar” rival

O anjo desta semana, que será definido no sábado (26), deverá imunizar um participante no domingo (27). Em mais um paredão inédito, a casa vota no confessionário e os dois mais votados irão para a berlinda. No entanto, só o primeiro terá direito a contragolpe.

Caso ocorra um empate, as duas pessoas emparedadas deverão decidir, em consenso, para quem será o contragolpe no confessionário. “Qualquer outro empate acima de duas pessoas em primeiro lugar, o líder escolhe quem ele quer salvar do paredão, até que sobrem dois emparedados. Eles terão que decidir em consenso o contragolpe. Da mesma forma, se houver empate no segundo lugar. É o líder quem também escolhe quem ele vai salvar, até que sobre um emparedado”, destacou o enunciado divulgado pelo programa.

Acompanhe a TV NaTelinha no YouTube

Resumos de novelas, entrevistas exclusivas, bastidores da televisão, famosos, opiniões, lives e muito mais!

Inscreva-se
Termometro

Expresse seus sentimentos aos participantes de BBB22

Mais Notícias