Âncora famoso

Fábio Porchat tem "convidado dos sonhos" para entrevistar; saiba quem é

Talk-show de humorista quer entrevistar jornalista renomado


Fábio Porchat no cenário do Que História é Essa, Porchat?
Fábio Porchat comanda o Que História é Essa, Porchat? - Foto: Divulgação/TV Globo

Atualmente em cartaz nas noites de quarta-feira na Globo, o Que História é Essa, Porchat?, terá um especial de fim de ano no GNT, mas para 2023, o apresentador quer um convidado ilustre: William Bonner. A informação é do jornal O Globo desta terça-feira (2) e traz que o humorista quer entrevistá-lo no ano que vem.

Outro nome ventilado e que já foi inclusive confirmado é o de Tatá Werneck. Os dois já apresentaram juntos o Tudo pela Audiência no Multishow e são amigos de longa data, mas até então, as agendas estavam incompatíveis. A expectativa é que o encontro aconteça também no próximo ano.

O Que História é Essa, Porchat? começou ainda na televisão por assinatura, mas ganhou a TV aberta em 2020, com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Agora, ganhou as noites de quarta-feira de vez na emissora.

Fábio Porchat começou no Zorra Total

imagem-texto

Dentro da Globo, o humorista começou no extinto Zorra Total (1999-2015), em 2007. Programa este que ele odiava. "Segundo Fábio Porchat, o convite para o humorístico e, consequentemente, o contrato com a Globo partiram de um convite do então diretor do programa, Maurício Sherman (1931-2019), criador de diversos sucessos da televisão brasileira. “Ele me assistiu, gostou muito dos textos e me chamou para escrever para o Zorra Total. Eram 20 [roteiristas], uma loucura.”

"Era engraçado porque, quando o Sherman me chamou, eu odiava o Zorra Total. Não era o meu humor, era um humor antigo. Eu estava ali na nova geração, chegando, e o Zorra era de bordão, umas coisas velhas... Eu pensava: 'Que raiva escrever para esse programa'", disse ao podcast Papagaio Falante em junho.

Na época, Fábio Porchat considerou as vantagens daquela oportunidade. “Era uma forma de entrar na Globo, de ter um salário, de estar junto com uma gente muito boa e conhecer gente do meio. Vim de São Paulo e não pensava em ser ator, então eu não tinha uma turma minha.”

Aos poucos, o então estreante também foi tendo as primeiras experiências em frente às câmeras. “Foi uma tática boa, porque trabalhei com gente incrível, foi uma faculdade. Foi ali que conheci Chico Anysio, Paulo Silvino, Agildo Ribeiro, Lúcio Mauro... Conheci gente graúda”, relembrou o humorista.

Após o Zorra Total, Fábio Porchat seguiu na emissora, com participação em diversos programas na Globo e canais a cabo. Ele também integrou, a partir de 2012, o grupo Porta dos Fundos, e comandou um talk show na Record, entre 2016 e 2018

Acompanhe a TV NaTelinha no YouTube

Resumos de novelas, entrevistas exclusivas, bastidores da televisão, famosos, opiniões, lives e muito mais!

Inscreva-se
Mais Notícias