Empatia

Manoel Soares quebra protocolo e abraça mulher no Encontro

Apresentador foi até a plateia amparar senhora que chorou com relato de racismo presenciado por Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank em Portugal


Manoel Soares abraça mulher da plateia do Encontro
Manoel Soares se emociona e abraça mulher no Encontro após abordagem sobre racismo - Foto: Reprodução/Globo

Manoel Soares quebrou o protocolo na Globo e foi até a plateia do Encontro para abraçar uma mulher. O episódio aconteceu na manhã desta segunda-feira (1º), quando o programa abordava o caso de racismo presenciado por Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank em Portugal. Emocionada, uma senhora do auditório começou a chorar e foi amparada pelo apresentador.

“Está doendo em alguém da plateia, em uma senhorinha. Não é, Manoel?”, perguntou Patrícia Poeta durante uma fala de Astrid Fontenelle sobre o assunto. A apresentadora do GNT, que é mãe de um adolescente negro, também se comoveu com o caso. “Chorando… Porque doi. Já aconteceu muitas vezes com ela, certamente”, comentou.

Manoel Soares, que deixou o palco para ir até a plateia abraçar a espectadora, prosseguiu do auditório: “Estou aqui com a Dirce. Vamos lá! Estou vendo que está batendo em você como está batendo em mim e em 54% da população brasileira agora. É uma pergunta óbvia, mas eu preciso fazer: por que você está chorando?”. Ela respondeu:

“Eu começo a lembrar tudo o que eu passei até hoje. O preconceito, o racismo. Quando a gente era criança, nós éramos sete irmãos, minha mãe saía e deixava a gente trancado em casa. As crianças iam lá jogar pedra na casa, xingar a gente. Na escola, em todo lugar, a gente sofre esse preconceito até hoje. Parece que nunca vai acabar.”

“Vai acabar. A gente vai fazer acabar”, garantiu Manoel. Patrícia Poeta então acrescentou: “Por isso estamos falando sobre esse assunto aqui. É isso que é importante. Como disse o Manoel, é uma luta de todos nós. É importante todos nós sabermos qual o nosso papel, qual deve ser a nossa luta”.

Entenda o caso de racismo presenciado por Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso

Manoel Soares quebra protocolo e abraça mulher no Encontro

Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank falaram ao Fantástico sobre o ataque racista sofrido pelos filhos. A agressora, uma mulher branca, também ofendeu outros clientes de um restaurante em Portugal. Giovanna não ficou calada e foi pra cima da agressora. "Eu não vou sair como a louca, raivosa, como acontece com tantas outras mães pretas, que são leoas todos os dias, assim como fui nesse episódio", relatou.

Bruno recorda que eles foram para um restaurante conhecido e que segundo Giovanna, gostam de ir ao local porque sempre há pessoas pretas. "Para os nossos filhos, a gente acha muito importante estarem em ambientes com pessoas pretas", opinou.

"E eles estão na praia brincando e, de repente, uma das crianças subiu e falou para gente o que tinha acontecido. E aí a gente ficou chateado, bem chateado. E começou... E vocês viram aquelas imagens", disse Bruno.

Segundo Giovanna, a mulher estava dizendo coisas como "pretos imundos" e "voltem para a África" e que "Portugal não é o lugar pra vocês, vão embora daqui". "Acho que ela nunca esperava que uma mulher branca fosse combatê-la como eu fui, daquela maneira. Eu sei que eu, como mulher branca, indo lá confrontá-la, a minha fala vai ser validada", orgulha-se ela.

A mulher foi levada para uma delegacia da Guarda Nacional Republicana, bem perto da praia onde Bruno e Giovanna estavam com os filhos. Ela prestou depoimento, foi identificada e depois liberada. Agora, o casal tem até seis meses para apresentar uma queixa crime formal às autoridades portuguesas.

De acordo com o advogado especialista em Direitos Humanos Hélio Gustavo Alves, esse crime racial tem previsão no Código Penal português, no artigo 240. Dependendo de como a corte portuguesa enquadrar, a mulher pode pegar uma pena de 6 meses a 5 anos de prisão.

Acompanhe a TV NaTelinha no YouTube

Resumos de novelas, entrevistas exclusivas, bastidores da televisão, famosos, opiniões, lives e muito mais!

Inscreva-se
Mais Notícias