Homofobia

Silvero Pereira revela rejeição a personagem de Pantanal: "Não queria me parecer"

Ator falou no Encontro sobre o mordomo Zaqueu, seu papel na novela da Globo


Silvero Pereira fala no Encontro sobre o trabalho como o mordomo Zaqueu na novela Pantanal, em exibição na Globo
Silvero Pereira contou que tinha "outra identificação" com o Zaqueu da primeira versão de Pantanal - Foto: Reprodução/Globo
Por Walter Felix

Publicado em 28/06/2022 às 12:10:00,
atualizado em 28/06/2022 às 12:38:51

Silvero Pereira falou sobre seu papel em Pantanal em participação no Encontro desta terça-feira (28) em que é celebrado o Dia do Orgulho LGBTQIA+. Intérprete do mordomo gay Zaqueu no remake da Globo, o ator revelou a Fátima Bernardes que teve certa rejeição ao personagem há 32 anos, quando a primeira versão da trama foi ao ar na Manchete, em 1990. Na época, ele tinha apenas 8 anos de idade.

“Estou muito feliz com esse personagem e agradeço imensamente pelo convite. Fui espectador de Pantanal em 1990, e o Zaqueu foi feito brilhantemente pelo João Alberto Vieira, mas eu tinha uma outra identificação com aquele Zaqueu”, revelou Silvero Pereira no Encontro.

“Como eu era muito pequeno e ele era muito afeminado, e ele sofreu com essa questão, eu resolvi rejeitar um pouco o Zaqueu do João Alberto. Lembro de não querer me parecer com o personagem exatamente por aquelas questões que ele sofria.”

Silvero Pereira

Para Silvero Pereira, Zaqueu da nova versão de Pantanal é “mais empoderado”

Silvero Pereira revela rejeição a personagem de Pantanal: \"Não queria me parecer\"

O ator fez um paralelo entre o personagem antigo e aquele a que dá vida na novela da Globo. “Esse Zaqueu de agora é o contrário. É uma outra perspectiva, é um outro tom. Esse Zaqueu chega ao Pantanal mais empoderado, chega pedindo respeito e orgulho”, observa Silvero, sem ignorar que haverá passagens de homofobia nos próximos capítulos.

Em sua chegada ao Pantanal, o comportamento do mordomo vai gerar estranheza. “Os peões são mais preconceitos e o José Leôncio e a Filó são mais ignorantes sobre o assunto. Mas esse Zaqueu não abaixa a cabeça. Ele tem orgulho, e é isso que eu quero para essa nova geração que assistir a esse Zaqueu”, comemorou Silvero.

Nos próximos capítulos da trama, Zaqueu desembarca no Pantanal acompanhado da patroa, Mariana (Selma Egrei). Serão vários os conflitos do personagem na região. Além de se estranhar com os habitantes do local, ele vai cair de amores por Alcides (Juliano Cazarré), mas dificilmente terá esse sentimento correspondido.

Acompanhe a TV NaTelinha no YouTube

Resumos de novelas, entrevistas exclusivas, bastidores da televisão, famosos, opiniões, lives e muito mais!

Inscreva-se
Mais Notícias