Debandada

7 nomes de impacto que deixaram a Globo no 1º semestre

Nomes que se confundiam com a história da emissora anunciaram saída


Carlos Tramontina, Galvão Bueno e Chico Pinheiro em foto montagem
Globo vem sofrendo consecutivas baixas em 2022 - Foto: Divulgação/TV Globo/Montagem

A Globo vem vivendo um momento de reestruturação, especialmente no aspecto de contratos com seus maiores astros e estrelas. Estamos chegando na metade 2022 e vários dos seus grandes nomes já anunciaram que não terão mais contrato fixo com a emissora. Alguns podem trabalhar até por obra certa, outros preferem seguir um caminho diferente como no digital, por exemplo.

Sem manter nomes que ajudaram a consolidar a marca da Globo, a emissora se prepara o desafio de turbinar seu próprio streaming, que acredita ser o futuro e não vem se importando em se desfazer daqueles que se confundem com sua própria história.

Jornalistas veteranos, jovens atrizes que já tinham muito tempo de casa até o maior narrador do país, Galvão Bueno, anunciaram recentemente seu desligamento do canal. No caso de Galvão, ainda, ele vem preparando sua despedida que deve acontecer na Copa do Mundo, no Catar, em 18 de dezembro. Confira esse e outros nomes que não permanecerão na Globo:

Galvão Bueno deixa a Globo em dezembro

imagem-texto

Galvão deixará as narrações de jogos na TV aberta após a Copa do Mundo de 2022, que será realizada entre novembro e dezembro no Catar. O narrador já havia avisado de que não teria o contrato renovado com a Globo. "Eu tenho contrato com a Globo até o fim do ano. E a gente resolveu que iríamos investir muito na minha participação na Olimpíada e, esse ano, seria seleção brasileira e Copa do Mundo. E estamos conversando para ver o que será depois do dia 18 de dezembro, que é o dia da final. Espero estar com saúde para estar lá", disse. ao O Globo.

O narrador ingressou na emissora em 1981, tendo participado de todas as grandes coberturas esportivas, como 10 Copas do Mundo, além da Fórmula 1 e Jogos Olímpicos. Recentemente, anunciou que trabalhará na Play 9, empresa de conteúdo que Felipe Neto é sócio. O narrador produzirá conteúdo para plataformas como YouTube e Twitch.

Chico Pinheiro

imagem-texto

Na Globo desde 1996, Chico Pinheiro deixou a emissora após 26 anos. Chico ingressou no Grupo Globo há 45 anos, no cargo de chefe de reportagem. Nos anos 80, trabalhou em outros veículos, como na Quilombo, produtora que cuidava da carreira artística do compositor Milton Nascimento. Ele editou o jornal Trem Azul, foi chefe de gabinete do secretário de Saúde do Governo de Minas Gerais e comandou um programa de debates na TV Minas, chamado Alta Tensão.

Passou pela Band e Record, e desde 2011 comandava o Bom Dia Brasil. Em março de 2020, devido a pandemia de Covid-19, se afastou da bancada por fazer parte do grupo de risco e só retornou em julho de 2021, depois de ter tomado as duas doses da vacina.

Juliana Paes

imagem-texto

A atriz que viveu Maria Marruá em Pantanal, também não possui mais contrato fixo com a Globo. "21 anos. Tornou-se plena a maioridade do tempo que passei nesta casa tão maternal, o que a Globo sempre foi pra mim. Sigo de uma nova maneira, não mais com contratos fixos, mas por obra. Minha decisão vem sendo conversada há um tempo e foi aceita com muito respeito e carinho pela direção", anunciou ela em março.

Entretanto, Juliana ainda pode ser vista semanalmente na tela da Globo: aos sábados, no programa Caldeirão com Mion, sendo um dos jurados do quadro Caldeirola que envolve calouros.

André Marques

imagem-texto

No final de maio, foi a vez de André Marques anunciar que não fará mais parte do casting da Globo. Sua despedida ocorrerá em 2 de julho, no É de Casa. "Despretensioso de tudo, comecei a fazer teatro em 1992. Em 1995 entrei em Malhação. Fiquei cinco anos lá, mas o Mocotó, que mudou a minha vida, segue comigo até hoje", recordou ele em publicação escrita no Instagram.

Ele entrou na emissora em 1995 como o Mocotó de Malhação (1995-2020) e engatou consecutivos trabalhos depois disso, perdurando por por 14 anos no Vídeo Show (1983-2019). "Ainda tive o prazer de comandar o Video Game Verão, Superstar, Mais Você, The Voice Brasil, The Voice+, The Voice Kids, No Limite e o É de Casa", elencou na ocasião.

Alice Wegmann

imagem-texto

Há dois meses, Alice Wegmann não renovou seu contrato com a líder de audiência. A atriz que surgiu em A Vida da Gente (2011-12) protagonizará a telessérie Segundas Intenções, da HBO Max. Curiosamente, sua personagem será Sofia, mesmo nome da novela de Lícia Manzo. Mas, ao contrário da tenista, que não queria guerra com ninguém, agora ela buscará vingança contra a tia, Lola (Camila Pitanga).

Aos 26 anos de idade, Alice Wegmann ganhou notoriedade em A Vida da Gente, como a tenista Sofia. Depois, emplacou uma protagonista de Malhação: Intensa como a Vida (2012-13) e não parou mais. Integrou a primeira fase de Em Família (2014) e participou de Boogie Oogie (2014-15).

Alice também fez um dos principais papéis em Ligações Perigosas (2016) e depois foi um dos destaques de A Lei do Amor (2016-17), ainda que a novela não tenha despertado interesse do público. Em 2018, protagonizou Onde Nascem os Fortes e em 2019 foi a vilã Dalila de Órfãos da Terra, sua última novela.

Fabiana Karla

imagem-texto

Depois de 19 anos de serviços prestados, chegou ao fim em abril o contrato entre e Fabiana e a Globo. Nos últimos anos, Fabiana fez trabalhos em novelas como Verão 90 (2019) e foi uma das apresentadores do extinto Se Joga (2019-2021), ao lado de Fernanda Gentil e Érico Brás. O programa, no entanto, foi um fracasso de público nas tardes da Globo.

Aos 46 anos de idade, Fabiana Karla começou sua carreira na Globo em 2003, na novela Mulheres Apaixonadas. No ano seguinte, ganhou chance no Zorra Total e ficou no humorístico até 2017, quando passou a se chamar somente Zorra.

Nesse tempo, ela já participou da Dança dos Famosos em 2005, Gabriela (2012), Amor à Vida (2013-14), Tomara que Caia (2015), Mister Brau (2017), dentre outros.

Carlos Tramontina

imagem-texto

Jornalista veterano, Carlos Tramontina foi mais um que saiu da Globo. Em abril, foi revelado que as duas partes decidiram isso de comum acordo. Desde quando estreou no canal, em 1978, Tramontina esteve presente na cobertura de grande eventos ocorridos no Brasil. O jornalista trabalhou em várias produções como o Bom Dia Brasil, Bom Dia São Paulo, Jornal da Globo, SP1, Globo Notícia, além de suas participações na GloboNews.

Foram 43 anos de serviços prestados. No dia 26 de abril, se despediu discretamente: "Quero mandar um abraço para todos vocês. Muito obrigado pelo carinho, boa noite".


Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias