Frio extremo

TVs priorizam neve no Brasil e escalam repórteres para "congelar" ao vivo

Jornalistas passam frio para levar informação para o público


Repórter com frio, rangendo dentes, com touca de frio e muito agasalhado, com microfone do SBT na mão e encharcado, em frente a um termômetro
Emissoras piorizam neve no Brasil e escalam repórteres para "congelar" ao vivo - Foto: Reprodução

Não é de hoje que, nas práticas jornalísticas, o assunto do dia vira manchete nos jornais. Nesta semana, a notícia da vez nos programas é a neve e a onda de frio que chegou ao Brasil nesta terça-feira (17). Para não perder a chance de informar a população sobre o assunto e abordar o mesmo tema das concorrentes, as emissoras escalaram um batalhão de repórteres para fazer a cobertura da neve no Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Com a chegada da massa de ar polar no país, uma onda de frio se instalou e, em várias regiões, os termômetros ficaram abaixo de zero. Em alguns locais chegou a ter chuva congelada e até a nevar, como mostraram alguns canais. O SBT, por exemplo, mandou o repórter Lucas Abati mostrar o gelo que caia na cidade de São José dos Ausentes (RS). Na entrada ao vivo do jornalista para a emissora, ele estava praticamente "congelado", encolhido, mostrando os finos flocos de neve.

"Nesse momento, depois de uma rajada mais forte de chuva e acompanhado de chuva congelada, olha aqui na minha mão algumas pequenas pedrinhas de gelo, que vão caindo neste momento. Há pouco veio uma rajada mais forte, que trouxe mais gelo por aqui, mas finalmente acho que é a primeira vez no ano que a gente tem um registro de chuva congelada. Agora sim a situação ficou bastante gelada por aqui", disse Lucas, enquanto era molhado pela chuva congelada.

Na Record, o repórter Jairo Bastos enfrentou o vento para dar notícia para o público e atualizar informações sobre um ciclone que se aproxima do sul do país.

Assista aos vídeos:

Repórteres em situação de frio extremo chama atenção de internautas

Já na Globo, as repórteres que entraram ao vivo no Bom Dia Brasil estavam mais confortáveis, embora bem agasalhadas e com touca de lã. Enquanto uma jornalista dava informações da serra catarinense, outra contava sobre o frio no Rio Grande do Sul. Vale lembrar que, em 2021, um repórter da Globo foi salvo de ser congelado no trabalho

Não demorou muito para internautas comentaram a atitude de algumas emissoras em enviar repórteres para cobrir a neve, em um ambiente extremo. "Nunca vou entender porque que os jornais colocam os repórteres em situações extremas ao vivo pra dizer que a situação tá extrema, sendo que somos capazes de absorver a informação do repórter mesmo se ele estiver dentro de um estúdio", escreveu uma internauta.

"O repórter. No cânion. No meio da chuva congelada e do vento. O repórter, se cagando de frio, tremendo ao vivo, sem conseguir falar direito!!!!!!", comentou outra. "Essas matérias da frente fria, põe o coitado do repórter passando frio ao vivo! Tadinho do moço lá no sul", afirmou uma pessoa. Apesar do perrengue dos profissionais, o frio vem ajudado as emissoras no quesito audiência, já que as pessoas ficam mais em casa.

TVs priorizam neve no Brasil e escalam repórteres para \"congelar\" ao vivo

Siga a gente no Instagram

Acompanhe nosso perfil e fique por dentro das quentinhas da TV e famosos

ACESSE!
TAGS:
Mais Notícias