Emoção

Repórter chora em entrevista com mãe que teve filho assassinado em São Paulo

Jornalista da Band ficou comovida com lágrimas da mulher e a abraçou fortemente


Repórter abraçando emocionada na mãe de vítima
Repórter chora em entrevista com mãe que teve filho assassinado em São Paulo - Foto: Reprodução
Por Redação NT

Publicado em 29/04/2022 às 18:38:00,
atualizado em 29/04/2022 às 18:39:05

Durante o Brasil Urgente desta sexta-feira (29), uma repórter da Band acabou chorando com mãe que teve filho assassinado em São Paulo. O jovem Renan, de 20 anos, foi morto depois de um assalto na região do Jabaquara, Zona Sul da capital paulista. Após o criminoso se entregar para a polícia e pedir desculpa para a família da vítima, a mãe de Renan, Clarice Silva, deu entrevista para a repórter Giovanna de Boer.

Durante a conversa, a mulher chorou ao falar sobre a morte do filho. A jornalista ficou sensibilizada com a entrevistada e a abraçou fortemente. Na sequência, a repórter aparece chorando e disse o motivo sobre sua emoção.

"Estou me emocionando também porque eu tenho uma idade próxima do Renan e eu sou muito amiga da minha mãe também. Então consigo minimamente me relacionar com esse caso", disse a repórter. Na sequência, Datena ficou comovido com a imagem do abraço da repórter na mãe do jovem assassinado e também se emocionou.

"O abraço que a repórter dá na mãe é uma das coisas mais sensíveis que eu já vi até agora na televisão. O que a mãe está sentindo a gente pode estar experimentando, mas como ela não. A Giovanna se emocionou e ela abraçou a mãe", analisou Datena.

Assista:

Antes de repórter emocionada, Datena dispara contra a concorrência na cobertura sobre o caso

imagem-texto

Mais cedo no programa, Datena jogou indireta para a concorrência. Ao fazer a cobertura do caso, o jornalista interrompeu uma matéria para falar sobre sua revolta em ver outro canal mostrando imagens da prisão do assassino como exclusivo, sendo que ele supostamente havia dado a gravação em primeira mão no início do noticiário.

"Eu não gosto de coisa mal feita. No começo do programa, eu dei essa reportagem. No momento em que eu dei era exclusivo. Quem faz jornalismo errado tem que pagar por isso. Bota a reportagem que eu tenho aqui, que eu dei no começo do programa, que era exclusiva, porque ninguém tinha dado. Agora estão soltando a mesma reportagem como exclusivo", disse, revoltado com a situação.

Siga a gente no Instagram

Acompanhe nosso perfil e fique por dentro das quentinhas da TV e famosos

ACESSE!
Mais Notícias