Reportar
erro
Tensão

Equipe de Faustão teme que mudanças forcem demissões na Band

A equipe do programa tem receio de que ele não se mantenha de segunda à sexta


Faustão de jaqueta amarela segurando microfone e olhando para a câmera
Em menos de três meses, o Faustão na Band já enfrentou fuga de público - Reprodução/Instagram
Por Sandro Nascimento, com Jéssica Alexandrino

Publicado em 12/04/2022 às 05:07:50,
atualizado em 12/04/2022 às 09:58:48

Há cerca de um mês, quando o NaTelinha pôde acompanhar uma gravação do Faustão na Band, o clima nos bastidores do programa era leve e toda a equipe trabalhava em harmonia, mas agora o cenário mudou. Atualmente, existe um certo temor nos corredores da emissora do Morumbi e isso se deve ao medo que as pessoas têm de que o programa não seja mais diário.

A chance de que a periodicidade da atração mude e ele passe a ser exibido semanalmente ou duas vezes por semana virou um fantasma nos bastidores da Band. O faturamento abaixo do esperado seria um dos motivos que justificaria a mudança. Este cenário deixou os integrantes da atração com a pulga atrás da orelha, já que a troca poderia ter como consequência uma "enxugada" na equipe. De acordo com o que a reportagem apurou, demissões pontuais já estão sendo feitas. Na última semana, duas pessoas da produção e uma bailarina foram desligadas. Outras seis dançarinas já haviam deixado o programa em março.

Em contrapartida, o site da Band está divulgando uma vaga para o balé de Fausto Silva. "Sonha em ser bailarina do Faustão? Você pode realizar esse desejo se inscrevendo para a nossa seleção. A nossa produção vai analisar as inscrições e escolher uma mulher para ser parte da equipe de dançarinas do programa", diz um anúncio publicado na página da emissora, que pede que as interessadas enviem fotos de rosto e corpo inteiro, além do link de um vídeo dançando. As informações que correm por trás das câmeras são de que os custos com novatas será menor do que com as veteranas.

Procurada pelo NaTelinha, a assessoria da Band negou que exista a chance de mudança na grade referente aos dias de exibição do programa de Fausto Silva e informou que a seleção para o balé não tem relação com as demissões que aconteceram e a intenção é aumentar o quadro de dançarinas.

Outra saída que fez com que o alerta vermelho fosse ligado foi a de Leonor Corrêa. A irmã do apresentador deixou o programa no fim do mês passado e, de acordo com a assessoria do canal, ela vai assumir uma nova área na emissora voltada para a criação, pesquisa e produção de conteúdo, como documentários, séries e dramaturgia.

Faustão na Band anunciou novidades

Equipe de Faustão teme que mudanças forcem demissões na Band
Tirullipa integra o júri fixo do Mochila do Riso - Reprodução/Instagram

Às vésperas de completar três meses no ar, o Faustão na Band conseguiu fazer com que a emissora voltasse a ser competitiva em uma faixa que há quase 20 anos estava destinada à programação religiosa, mas passa longe de incomodar a Record e o SBT. O faturamento do programa também está abaixo do esperado e a atração chega a ter algumas edições sem anunciantes nacionais, com seus intervalos comerciais preenchidos por chamadas de propaganda política e institucionais do Grupo Bandeirantes.

Com a intenção de reverter essa situação, a Band anunciou algumas novidades para o programa. Uma delas, que estreou no último dia 29, é o quadro Mochila do Riso, que vai revelar os novos talentos do humor espalhados pelo país e dará um prêmio de R$ 50 mil para o vencedor. Para compor o júri fixo da atração, a emissora contratou Fafy Siqueira e Tirullipa.

Procurada pelo NaTelinha, a assessoria da Band negou que exista a chance de que a periodicidade do programa de Fausto Silva mude e informou que a seleção para o balé não tem relação com as demissões que aconteceram e a intenção é aumentar o quatro de dançarinas.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias