Envolvido em acidente

Homem arranca microfone de repórter, xinga equipe e pisoteia equipamento do SBT ao vivo

A confusão aconteceu durante o Primeiro Impacto desta quinta-feira (13)


Homem descontrolado de roupa azul e repórter do SBT no fundo da imagem
Um homem invadiu um link ao vivo do Primeiro Impacto - Reprodução/SBT

Um homem se descontrolou e deixou a equipe do SBT em apuros ao vivo durante o Primeiro Impacto desta quinta-feira (13). A repórter Melina Saad estava cobrindo um acidente que aconteceu na região de Diadema, município de São Paulo, durante a madrugada, quando o motorista, que estava voltando de uma noite com amigos, bateu no muro de uma igreja e deixou o carro destruído. 

Na matéria, a funcionária de Silvio Santos chegou a citar que o condutor do veículo, identificado como Flávio, aceitou falar com a reportagem da emissora. Porém, quando a jornalista mostrou o estado em que o automóvel ficou e revelou o motivo da batida, o rapaz surtou e começou a gritar para que a matéria fosse encerrada ali. "Pode parar c*, vai tomar no c*, vai se f*", xingou o motorista, entrando na frente da câmera.

Flávio tomou o microfone da mão da repórter, jogou o equipamento no chão e começou a pisoteá-lo. Melina Saad, assustada, se afastou, enquanto o rapaz discutia com o cinegrafista e tentava fazer com que a transmissão parasse. 

Pouco depois, as imagens voltaram para o estúdio e Dudu Camargo assumiu novamente o telejornal. "Que confusão, hein? Rapaz bateu e ainda partiu pra cima ali", improvisou, antes de chamar o intervalo comercial. Assista:

Vento atrapalha repórter e quase derruba câmera ao vivo

Durante o Brasil Urgente da última sexta-feira (7), Eduardo Barão, correspondente da Band nos Estados Unidos, se atrapalhou por conta do clima frio que assola o país norte-americano. Enquanto conversava ao vivo com José Luiz Datena, ao falar sobre o aumento de casos da Covid-19 na América do Norte, o vento soprou forte e quase derrubou a câmera do repórter, que correu para segurar o equipamento. "O vento foi forte aqui, Datena. Quase levou tudo. Mas vamos lá", disse Barão, ao salvar a câmera.

Datena reagiu ao ocorrido e deu uma gargalhada no ar (veja o vídeo mais abaixo). Não é de hoje que fenômenos da natureza atrapalham os repórteres em sua entrada para a TV. Em junho, o repórter Diego Haidar passou por uma situação inusitada ao mostrar como estava a praia do Arpoador, no Rio de Janeiro, neste período de frio.

No fim da reportagem no RJ1, ele exibiu seu guarda-chuva e o item acabou quebrando, arrancando gargalhadas das apresentadoras Mariana Gross e Priscila Chagas. “Só pra gente encerrar, vou mostrar aqui a faixa de areia. Tá uma situação realmente bastante perigosa. Vou ficar sem guarda-chuva também, não sei se isso vai dar conta”, explicou o jornalista.

Na ocasião, rajadas de vento estavam atingindo 60 km/h, segundo a matéria do jornal. Priscila e Mariana se divertiram com a situação e afirmaram que o momento inusitado do colega de emissora iria viralizar nas redes sociais. “Diego, vai dar trending topics”, comentou Gross. Ao longo da conversa, o guarda-chuva chegou a quebrar por causa do vento.

 

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias