Reportar erro
Após susto

Apresentador do SBT que desmaiou ao vivo recebe alta do CTI

Rafael Silva está internado desde segunda-feira (3) após sofrer um mal súbito durante telejornal

Rafael Silva, de terno e gravata, no estúdio do Alterosa Alerta
Rafael Silva, apresentador do Alterosa Alerta, recebeu alto do CTI após desmaio
Marcela Ribeiro

Publicado em 06/01/2022 às 15:45:00,
atualizado em 06/01/2022 às 15:45:57

Rafael Silva, apresentador do SBT que desmaiou ao vivo durante a apresentação do telejornal Alterosa Alerta, recebeu alta do CTI para o quarto do hospital Humanitas, em Varginha, Minas Gerais, nesta quinta-feira (6). A informação foi confirmada pelo apresentador Kadu Lopes. da TV Alterosa, afiliada do SBT.

"O Rafa acabou de sair do CTI e está no quarto. Estamos muito felizes porque depois do susto que a gente tomou, ele a família vão poder ter um pouco mais de paz e tranquilidade, e ele recuperar melhor sem ter toda aquela aparelhagem. Muito obrigado pelas orações, vamos continuar orando pelo nosso irmãozinho", disse ele nos Stories do Instagram.

Ao NaTelinha, Kadu explicou que a suspeita dos médicos até o momento é que o mal súbito tenha sido ocasionado por uma doença cardíaca congênita, que era desconhecida dele até então.

Apresentador do SBT apresenta melhoras no decorrer da semana

Desde que deu entrada no hospital, Rafael, que foi rapidamente socorrido pelo SAMU e pelos bombeiros após  desmaio, tem apresentado um quadro de evolução positiva. Já no dia seguinte da internação, ele se comunicou com a família e médico, depois conseguiu sentar, ontem foi ao banheiro e hoje se recupera no quarto.

"Ele conversou com a mãe dele, com irmão dele, inclusive até já pediu para ir ao banheiro. A recuperação dele é a melhor possível. A gente está muito feliz com essa notícia", comemorou Kadu. 

Se o quadro continuar progredindo bem, Rafael deve receber alta do hospital nos próximos dias.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
TAGS:
Mais Notícias