Exclusivo

Mauro Cezar comemora sucesso no YouTube, guinada na profissão e garante: "Esse mundo é possível"

Jornalista esportivo é dono de canal com 630 mil seguidores


Mauro Cezar falando para seu público no YouTube
Mauro Cezar Pereira comemora sucesso de seu canal no YouTube - Foto: Reprodução/YouTube
Por Daniel César

Publicado em 01/12/2021 às 04:00:00,
atualizado em 01/12/2021 às 13:19:55

Pouco menos de um ano depois de ter trocado o posto de principal comentarista da ESPN no Brasil, Mauro Cezar Pereira passa longe de sentir falta do contrato fixo que tinha com os canais do grupo Disney. Trabalhando intensamente, mas dono dos próprios horários e escolhas, o jornalista esportivo comemora o crescimento de seu canal no YouTube, além de diversas parcerias fechadas com outros veículos. Em entrevista exclusiva ao NaTelinha, ele garante: há vida fora da televisão.

Uma das provas de que o trabalho vem dando resultados é a final da Libertadores entre Palmeiras e Flamengo e que fez muito sucesso em audiência para o SBT. Enquanto emissoras levaram seus profissionais, Mauro foi com recursos do seu canal na plataforma de vídeos. "A viagem foi pelo canal, com patrocinadores", explica ele, garantindo: "Foi auto sustentável. Não comprei passagem, não paguei hotel. Fiz algumas ações que tiveram patrocinadores. E ainda tive um novo patrocinador com isso".

Durante o papo, Mauro lembra que deixou a ESPN porque não havia como seguir no canal esportivo.

"A Disney tem um contrato de exclusividade. É trabalhar só lá na TV, não poderia escrever em jornais, não poderia ter canal no YouTube. E eu não concordei e não renovei o contrato, porque era inegociável isso para mim. Seria uma mudança radical no modelo de contrato com uma tentativa de imposição, daquele jeito, ou nada. Eu aceitava ser exclusivo na TV fechada, como era antes, mas o resto não dava. Diante disso não renovamos o contrato".

Questionado se ficou com medo ou com frio na barriga quando deixou a emissora esportiva, ele é enfático: "Eu já vinha trabalhando nessa direção, mas eu tinha essa convicção de que a TV não é hegemônica, embora muito importante".

Canal de Mauro Cezar Pereira no YouTube

Mauro Cezar comemora sucesso no YouTube, guinada na profissão e garante: \"Esse mundo é possível\"

O jornalista tem muito o que comemorar mesmo, já que seu canal no YouTube é um dos principais quando o assunto é futebol. Atualmente, conta com 630 mil seguidores, número considerado alto para o patamar de jornalistas brasileiros. Quando ele deixou o grupo Disney, o número era de 500 mil, ou seja, houve um crescimento de 130 mil em menos de um ano.

E Mauro tem um jeito bem diferente de se relacionar com seus seguidores. "Eu tenho um feedback direto, no clube de membros, que eles debatem comigo. Ninguém faz isso. Nas lives não tenho convidados, sou eu e a galera", lembra ele antes de responder se prefere esse contato direto ou com o filtro da TV. "Eu acho bem melhor assim", confessa. "Hoje eu tô colhendo frutos de tudo que plantei em quase 40 anos de profissão. Eu tenho independência e empresas que me apoiam por acreditar no trabalho", comemora.

Mauro Cezar no digital

Mauro Cezar comemora sucesso no YouTube, guinada na profissão e garante: \"Esse mundo é possível\"

Mas engana-se quem pensa que a vida de um jornalista esportivo do meio digital é só glamour. Mauro trabalha muito e em várias plataformas. Atualmente ele tem colaboração no UOL, com seu blog e também no Posse de Bola, o principal Podcast esportivo do país, além de SBT e TV Cultura, na televisão, uma parceria com o Onefootball, a Gazeta do Povo e o PingBack. Mas ele também poderá ser ouvido, a partir de agora, na Rádio Jovem Pan, já que fechou contrato com a empresa nesta semana.

Mesmo assim, Mauro tem convicção que sua carga horária não aumentou. "Eu trabalho igual. Antes eu já fazia tudo isso também. Eu passava muitas horas na ESPN", lembra, dizendo que ficava horas na redação, mas agora há vantagens. "Se eu tiver que marcar um dentista semana que vem, eu confiro minha escala. Antes eu tinha que consultar alguém", explica ao lembrar de algo que considera fundamental. "A repercussão do que eu falo hoje é maior do que antes", conta, se referindo ao alcance nas plataformas e também no contato com o torcedor.

O trabalho é intenso e o profissional sequer tem equipe. "Tudo eu que faço. E não tem como eu passar para outra pessoa. Porque o canal como o meu o importante é a mensagem. Meu espectador não tá preocupado com a melhor edição e efeitos especiais", explica.

Um novo Mauro Cezar?

Mauro Cezar comemora sucesso no YouTube, guinada na profissão e garante: \"Esse mundo é possível\"

Mas o próprio Mauro sabe que ele veio da TV, que lhe deu grande alcance, antes de virar um fenômeno digital. Porém, ele acredita ser plenamente possível que uma espécie de 'novo' Mauro Cézar surja diretamente na web. "Um jornalista se tiver disciplina, foco, ele pode conseguir resultados positivos com esse novo modelo", revela, dando um exemplo: "Felipe Neto surge como fenômeno, um jornalista também consegue. Se ele trabalhar bem, evidentemente. Esse mundo é possível"

O jornalista garante que acredita nisso. "É plenamente possível. Existem caras que eram fortíssimos nas redes e hoje fazem sucesso", diz, lembrando que o mundo digital atualmente é muito forte e é o presente, não o futuro: "Acho até provável que isso aconteça". Mas sobre a televisão, ele garante: "A TV continua relevante e eu continuarei na TV enquanto ela quiser que eu esteja".

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias