Reportar erro
Vai para o BBB

Tadeu Schmidt é oficializado como apresentador do BBB 22

Apresentador irá assumir o BBB e tem longa trajetória na Globo

Tadeu Schmidt na bancada do Fantástico
Tadeu Schmidt tem uma carreira sólida antes de assumir o BBB - Foto: Reprodução/Globoplay
Redação NT

Publicado em 10/10/2021 às 23:22:10,
atualizado em 10/10/2021 às 23:28:06

Com 47 anos, pode-se dizer que Tadeu Schmidt está no auge de sua carreira. Após anos no Fantástico, a principal revista eletrônica do país, ele sai do jornalismo para assumir uma missão e tanto: será o novo apresentador do BBB a partir de 2022 como substituto de Tiago Leifert. Mas a história profissional do irmão de ex-jogador de basquete Oscar Schmidt começou há muito tempo e teve muitos momentos importantes.

Durante o Fantástico deste domingo (10), a Globo oficializou o nome de Tadeu como o novo apresentador do BBB a partir do ano que vem. Quando ele estava com os cavalinhos, na apresentação dos gols da rodada, tocou o telefone e Tadeu atendeu a ligação. "Atenção, Tadeu Schmidt. Preste muita atenção, dirija-se ao palco imediatamente: chegou uma mensagem muito importante pra você"

"Fala Tadeu, por que você foi atender o Big Fone? Eu vim falar pra todo mundo que você vai apresentar o Big Brother", anunciou Boninho logo em participação no programa por videoconferência. Logo depois, Tadeu respondeu na lata. "Tô muito feliz, muito orgulhoso de assumir essa missão. O BBB é o máximo e eu estou muito feliz de fazer parte dessa história feita pelo Tiago Leifert e pelo Bial. Tô muito feliz, empolgado, mas com o coração apertado, vou deixar o Fantástico. Eu amo o Fantástico por tantos motivos".

Em seguida, Poliana avisou que o companheiro seguirá por alguns domingos. "E depois, tenho a honra de anunciar a nova apresentadora do Fantástico. A deslumbrante Maju Coutinho", contou ela, chamando Maju, que entrou no palco para agradecer a confiança. Já Maju, usou o espaço para anunciar: quando ela assumir o dominical, caberá a César Tralli a apresentação do Jornal Hoje e a Allan Severiano o papel no SP1.

Tadeu Schmidt

Tadeu Schmidt é oficializado como apresentador do BBB 22

“Todo mundo da minha família é esportista. Meu pai jogou vôlei, foi atleta do Fluminense, fazia salto em altura, arremesso de peso – era atleta. Minha mãe, também: jogou vôlei", contou ele ao Memória Globo, mostrando sua ligação com o esporte desde sempre. Não à toa, sua primeira experiência profissional como jornalista foi um estágio em uma rádio, quando ainda estava na faculdade. Rapidamente ele se destacou no trabalho e conquistou espaço na TV Nacional, como estagiário, iniciando sua trajetória na televisão, muito antes de sequer existir o BBB, que ele assumirá no ano que vem.

Fora do esporte, Tadeu conseguiu espaço numa afiliada da Globo, a DFTV, que fica no Distrito Federal, isso ainda nos anos 90. Ele permaneceu na afiliada cobrindo o noticiário geral, mas a distância entre o jornalista e a área esportiva durou pouco, até o ano 2000. Nessa fase, ele foi cobrir o campeonato de stock car e teve seu primeiro contato com profissionais do jornalismo esportivo da Globo, que o convidaram para fazer parte da equipe. Eu estava concentradíssimo para fazer muito bem aquilo, para mostrar que eu iria fazer bem. Não sei explicar o que é isso, mas é meio querer que ele tenha orgulho de mim, também. E graças a Deus saiu bem caprichado mesmo", comentou.

Tadeu Schmidt na Globo

Tadeu Schmidt é oficializado como apresentador do BBB 22

A partir de 2002, ele virou repórter para cobrir simplesmente a Fórmula 1, que na época era uma espécie de menina dos olhos da Globo e que ganhava espaço importante nos jornais da emissora, inclusive no Jornal Nacional e também no Fantástico. Ele permaneceu por três anos nessa função, até 2004, pouco antes de ver a chave de sua carreira girar completamente.

Em 2005, o profissional foi convidado para assumir o bloco de esportes do Bom Dia Brasil, isso significa que ele seria um setorista esportivo do jornalístico nas manhãs da emissora carioca. Ou seja, Tadeu ganhava espaço diário na tela do canal para todo o Brasil.

“Tive a sorte de fazer muito comportamento, e comportamento sempre dá mais margem para você inventar coisas novas. Às vezes, para você conseguir fazer uma coisa mais divertida, interessante, curiosa, que chame a atenção, é difícil, porque você precisa dar a notícia. E a notícia do comportamento é o comportamento, então você pode brincar mais", relembrou ele ao Memória Globo.

Tadeu Schmidt no Esporte

Tadeu Schmidt é oficializado como apresentador do BBB 22

A partir dali, ele passou a ter outros desafios, de mudar a linguagem do jornalismo esportivo da emissora, que sempre trabalhou no mesmo esquema que a notícia em geral, sem comentários.  nós fizemos as primeiras experiências, mudando o formato dos gols da rodada, no Esporte Espetacular. As mudanças consistiam, basicamente, em caprichar mais. Não ficar limitado à informação. Mostrar também as curiosidades. Destacar as partes mais interessantes de cada lance. E fazer tudo isso com uma linguagem mais coloquial, sem aquele texto característico do telejornalismo esportivo. Mais bate-papo e menos narração.”, relembrou.

Enquanto ganhava cada vez mais espaço no jornalismo esportivo, com direito à cobertura das Olimpíadas em 2006, Tadeu teve uma espécie de presente por causa de seu trabalho. Em 2007, ele teve participações importantes no Espaço Aberto, da GloboNews, o que lhe deu a chance de entrevistar personalidades importantes..

Tadeu Schmidt no Fantástico

Tadeu Schmidt é oficializado como apresentador do BBB 22

No mesmo ano, o jornalista ganhou outra oportunidade marcante em sua carreira: apresentar o quadro de gols do Fantástico. Foi quando ele criou um bordão que entraria de vez no vocabulário de todo brasileiro: quem faz três gols pede música no Fantástico. “Pedíamos para a pessoa escolher uma música para ser a trilha sonora daqueles gols. Na primeira vez, tivemos que explicar: ‘Olha, você fez três gols, então pede uma música’. A partir da terceira, quarta vez, o cara fazia o gol e já puxava o microfone na comemoração. Isso virou meme”, relembrou em entrevista ao Memória Globo.

Em 2008, Tadeu criaria outro quadro icônico, os cavalinhos do Fantástico e que estão no ar ainda hoje. Em 2014, a arte, que antes era digital, ganhou vida e os cavalinhos passaram a dialogar com ele dentro do estúdio do jornalístico dominical da Globo.

Em 2011, ele virou titular do Fantástico quando Zeca Camargo migrou para assumir o Vídeo Show, A partir daí, ele imprimiu seu ritmo ao programa, onde permaneceu por 10 anos. “Se você pensar bem, qualquer fato muito importante que aconteceu na nossa história seja aqui no Brasil, seja fora do Brasil, o Fantástico sempre conseguiu aquilo que ninguém conseguiu. É um orgulho fazer parte de um programa tão extraordinário que consegue a cada semana coisas tão fantásticas!”, concluiu.



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias